Posts Tagged ‘Lua Nova

08
jul
10

Comédia tira sarro da saga ‘Crepúsculo’

Olha, apesar de ser uma pessoa que adora sorrir e que ri de tudo eu não gosto desses tipos de filmes. Assisto e me divirto em bons filmes de comédia, mas não curto filmes ao estilo de “Todo mundo em pânico” e afins que tiram sarro de outros filmes, por pior que sejam os filmes e que às vezes mereçam mesmo ser tirado um sarro. Pode ser chatice de minha parte, mas é a minha opinião. Não gosto e ponto, mas respeito quem gosta e respeito muito as opiniões alheias. Como sou uma pessoa democrática e tento fazer deste espaço um local também democrático, trago a seguinte notícia.

Comédia tira sarro da saga ‘Crepúsculo’; veja o trailer


Filme inédito ‘Vampires suck’ teve trailer divulgado nesta quarta-feira (7).
Longa parodia filmes vampirescos e também ri do fenômeno Lady Gaga.

08/07/2010 10h38 – Atualizado em 08/07/2010 10h38

Do G1, em São Paulo

Comédia inédita recria cena importante de ‘Lua Nova’: sai o sangue, entra o cheeseburger. (Foto: Divulgação)

Uma comédia que parodia a saga “Crepúsculo” é a aposta dos estúdios 20th Century Fox para faturar em cima dos filmes baseados nos livros de Stephenie Meyer. Em “Vampires suck”, Edward Cullen e Isabella Swan não são poupados de situações ridículas.

O trailer divulgado na última quarta-feira (7) – e que pode ser visto no site oficial do longa – recria a cena vista em “Lua nova”, quando Bella (chamada de Becca) corta o dedo em um papel e é atacada por Jasper Hale na casa dos Cullen. Na versão satirizada, a estudante é vista como um suculento cheeseburger pelo vampiro.

O longa ainda tira sarro do visual do trio de vilões de “Crepúsculo”, James, Victória e Laurent, que são confundidos com integrantes da banda pop Black Eyed Peas por uma de suas vítimas. A cantora Lady Gaga também é lembrada entre as sátiras da comédia, que deve estrear nos Estados Unidos em 18 de agosto.

Segundo o site FilmeB, a comédia deve chegar aos cinemas em 1º de outubro.

Fonte: http://migre.me/ViQh

12
mar
10

Para alegria dos fãs, primeiro trailer de “Eclipse” é divulgado

Nota publicada no jornal Correio no caderno Variedades, na página 15, do dia 12 de Março de 2010,

 

Foi divulgado ontem o primeiro trailer de “Eclipse”, terceiro filme da saga “Crepúsculo”, que tem estréia mundial no dia 30 de junho. A continuação de “Lua Nova” (2009), que arrecadou mais de US$ 700 milhões, traz novamente o triângulo amoroso entre Bella (Kristen Stewart), o vampiro Edward (Robert Pattison) e o lobisomem Jacob (Taylor Lautner). Além do coração dividido, a jovem terá que se preocupar com a vampira Victoria (Bryce Dallas Howard), que continua perseguindo-a.

 

05
jan
10

Vampiros são os favoritos de 2009; ‘Transformers’ divide público

terça-feira, 29 de dezembro de 2009, 12:20 | Online0

Vampiros são os favoritos de 2009; ‘Transformers’ divide público

REUTERS

LOS ANGELES – A franquia de filmes sobre vampiros iniciada por “Crepúsculo” dominou uma pesquisa sobre os filmes favoritos do público em 2009, e os cinéfilos se dividiram em relação ao segundo filme “Transformers” — alguns o amaram, outros o odiaram.

Uma pesquisa do site Moviefone.com, da AOL, apontou “Transformers – A Vingança dos Derrotados” como o pior filme de 2009, o melhor filme de ação do ano e o segundo filme mais decepcionante do ano, perdendo apenas para “Bruno” nesse último quesito.

Megan Fox, a estrela de “Transformers”, foi escolhida por maioria avassaladora a atriz mais sexy do ano e também a atriz que teve o pior desempenho do ano, segundo a pesquisa divulgada na segunda-feira.

De qualquer maneira, “Transformers – A Vingança dos Derrotados” arrecadou mais de 834 milhões de dólares em vendas mundiais de ingressos, tornando-se o terceiro maior sucesso comercial do ano, depois de “Harry Potter e o Enigma do Príncipe” e “A Era do Gelo 3”, segundo a Boxofficemojo.com.

Não houve ambivalência alguma em relação a “Lua Nova”, sequência do blockbuster “Crepúsculo”, de 2008. Os dois filmes são baseados nos romances best-sellers de Stephenie Meyers, escritos para o público adulto jovem.

Apesar de ser apenas o número 6 nas bilheterias globais de 2009, tendo rendido 662 milhões de dólares até agora, “Lua Nova” foi apontado melhor filme na pesquisa Moviefone, atraindo 41,1 por cento dos votos. Também foi citado como melhor “filme para garotas” do ano.

Robert Pattinson foi considerado o ator mais sexy do ano, com 46,5 por cento dos votos, seguido por seu colega de elenco Taylor Lautner (20,1 por cento), também apontado como melhor ator revelação do ano.

O próximo filme na saga de amor vampiro, “The Twilight Saga: Eclipse”, encabeça a lista de próximas atrações que os fãs estão mais ansiosos para ver em 2010, passando à frente de “Homem de Ferro 2” e “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1”.

A comédia “Se Beber, Não Case” foi escolhido por 51,8 por cento dos votantes o filme mais engraçado de 2009. “Up – Altas Aventuras”, da Disney-Pixar, foi apontado o melhor filme animado, e Sandra Bullock foi saudada como melhor atriz no sucesso inesperado “The Blind Side”.

Os resultados completos da pesquisa, da qual participaram mais de 238 mil pessoas, podem ser vistos no site Moviefone.com.

(Reportagem de Jill Serjeant)

 

http://www.estadao.com.br/noticias/arteelazer,vampiros-sao-os-favoritos-de-2009-transformers-divide-publico,488217,0.htm

27
nov
09

Lua Nova desperta a esperada euforia nos fãs, mas decepciona

Como estudante de jornalismo, apoio a liberdade de imprensa e com a propagação de blogs na internet, todos podem falar o que quer e acho isso um peso e duas medidas. Mas não concordo com muito do que foi dito nesta matéria.

Eu não vi ainda o filme, mas duvido muito que Kristen Stewart esteja tão mal assim no filme. Ela não é uma garota tão conhecida e com tanta bagagem como Dakota Fanning, por exemplo.  Mas dizer que a garota é inexpressiva, pra mim, é demais.

A coisa mais natural do mundo é um livro, ou uma coleção deles, fazer o maior sucesso e quando ganha uma adaptação para o cinema não ser tão bom, mas fazer sucesso na sétima arte por causa dos fãs dos livros… pra mim já é demais. “A Bússola de Ouro”, primeiro livro da coleção Fronteiras do Universo de Philip Pullman é uma obra fantástica. A coleção foi publicada no início dos anos 90 e só em 2007 ganhou uma adaptação para o cinema do primeiro livro, e quado vi me decepcionei.  Mas me decepcionei por uma série de fatores, não por atuação de um ou outro ator, até porque o elenco do filme é muito bom.

Todo mundo que viu “Lua Nova” me disse que o filme é muito melhor que “Crepúsculo” em termos de técnica, efeitos visuais, efeitos especiais, maquiagem dos atores etc. Será mesmo que é tão ruim quanto essa jornalista descreve? Não sei não… Vou assistir e conferir…

Como diz Noblat:  “Médico acha que é Deus e jornalista tem certeza”. Como aluna da faculdade de comunicação da Universidade Federal da Bahia, digo que ele está certíssimo, pois na faculdade em que estudo há muitos pseudointelectuais que se acham o suprassumo da sabedoria. Prefiro os humildes e que escrevem o que realmente pensam, não somente utilizar o seu papel de formador de opinião para criticar e esculhambar alguma coisa… Quando se é crítico de cinema, de literatura ou crítico cultural como um todo, deve-se ter cuidado com o que se diz e realmente com o que se vai criticar. Principalmente quando se é algo voltado para o público infanto-juvenil. Nem sempre eles encaram e entendem as argumentações como os adultos…

Pronto! Falei! Posso até ser criticada por isso. Mas aqui é um espaço democrático. Não recebo sempre elogios. E as críticas construitivas são sempre muito bem vidas.

Matéria publicada no Caderno 2 do jornal A Tarde, na página 3, no dia 21 de novembro de 2009.

Lua Nova desperta a esperada euforia nos fãs, mas decepciona

Maria Santossa

Gritinhos histéricos, suspiros e sessão lotada marcaram a estreia de “Lua Nova”, segundo filme da saga “Crepúsculo”, em Salvador, na madrugada de ontem. Os fanáticos teens (sobretudo garotas), aparentemente alheios ao quanto o filme deixa a desejar, se derreteram toda vez que Edward (Robert Pattison) surgiu, tirou a camisa ou se declarou a Bella (Kristen Stewart).

Escrita pela dona de casa norte-americana Stephenie Meyer, a serie de quatro livros sobre o amor de uma humana por um vampiro – ambos adolescentes (quer dizer, ele tem 17 há 109 anos) – virou best-seller, com mais de 80 milhões de livros vendidos desde 2005. Nesta segunda parte da história, um incidente na casa dos Cullens leva Edward a terminar o relacionamento e a abandonar Bella, que encontra forças na amizade (ou seria no amor?) de Jacob.

Ao lado de Taylor Lautner (Jacob), a atriz Kristen Stewart (Bella) fica ainda mais inexpressiva

Surpresa

O personagem de Taylor Lautner, inclusive, ganhou – literalmente – corpo na trama. Criticado pela falta de carisma após o primeiro filme (“Crepúsculo”, 2008), ele é a surpresa do elenco principal. Perto dele, Stewart ficou ainda mais inexpressiva. As sobrancelhas semicerradas, os olhos fixos no chão e a boca entreaberta acompanharam a garota em diversas cenas. Como a trama está mais arrastada, os atores receberam um foco dramático. Azar deste foco pousar justamente em atuações medíocres e sorte do enredo, que, de tão envolvente, não desanda.

Orçado em US$ 50 milhões, “Lua Nova” deve ser sucesso de bilheteria mais por causa dos inúmeros fãs da série do que pela qualidade técnica. Nem mesmo a substituição da diretora Catherine Hardwicke por Chris Weitz (de “A Bússola de Ouro”) injetou apuro e sofisticação.

A maquiagem amadora e os efeitos nada especiais melhoraram, mas não tanto. O brilho da pela vampiresca ao sol está mais verossímil e a fotografia foi mais bem cuidada; a transformação de garotos em lobos gigantes, no entanto, é risível.

Há quem diga que o interesse no pretenso romance (na vida real) de Kristen e Pattison e o polêmico posicionamento do Vaticano, que considerou o longa “um desvio moral”, possa atrair o público a ponto de o filme bater os mais de US$ 383 milhões arrecadados no longa anterior. Os mais críticos e espertos, no entanto, devem se preparar e esperar menos de “Eclipse”, o terceiro longa da série, previsto para junho do ano que vem.

27
nov
09

Vaticano condena ‘Lua Nova’, sequência do filme ‘Crepúsculo’

Quando eu leio matérias desse tipo chega me arrepio e me pergunto se o Vaticano não tem mais o que fazer. Isso chega a ser ridículo.

Cresci em uma família católica por parte de mãe e tenho um pai que sempre foi agnóstico, mas nem por isso eu me tornei alienada.  Acredito em uma força superior, mas não frequento Igreja.  Mas, por outro lado, considero os membros  do Vaticano as pessoas mais retrógradas que existem. O tempo todo há notícias circulando por ai dizendo que o Vaticano condenou isso e aquilo, aquele livro e aquele filme. Me poupe.

Se é Dan Brown eles condenam. Se é Philip Pullman eles condenam. Se é J.K. Rowling eles condenam. Agora até Stephenie Meyer também entrou para a lista negra? Isso chega ser piada de tão ridículo.

Continuo achando que o mal da humanidade é a intolerância. Seja ela religiosa ou cultural. Mas dá nos nervos ler e ouvir coisas como essas, porque eles são os intolerantes e, muitas vezes, acabam provocando esse tipo de reação que geralmente tenho quando me deparo com uma notícia dessas.

Isso significa o que? Que o mundo inteiro está errado em querer que os jovens viagem na imaginação, seja através de uma história sobre bruxos, seres encantados ou sobre vampiros do que vivam sem acreditar na fantasia? Me poupe!

Vocês poderiam perguntar porque então eu coloquei essa matéria aqui. Argumento que porque prezo a liberdade de expressão, seja ela para dizer algo que acrescente algo de bom ou que não acrescente nada. E para que eu também possa expressar o que eu penso sobre algo que seja polêmico ou não.

Para mim a felicidade é o que importa. Seja através do prazer de se ler histórias sobre lobisomens, vampiros, bruxos, fadas, sobre o amor impossível, sobre as diferenças sociais, a diversidade cultural… Seja o que for. A intensidade e a emoção que se sente em qualquer tipo de escolha que se faça é o que é realmente importante. Mesmo que isso signifique se expor para o mundo.

Pior é pregar a paz, o amor a um Deus e se ter notícias de tantas hipocrisias e abusos (de poder ou sexuais) dentro da instituição – o Vaticano – que deveria ser O modelo para o mundo católico…

condena ‘Lua Nova’, sequência do filme ‘Crepúsculo’

20.11.2009 – 16h45

Redação CORREIO | Foto: Divulgação

O Vaticano condenou o novo filme da saga ‘Crepúsculo’, ‘Lua Nova’, que estreia nesta sexta, 20. O bispo Franco Perazzolo, do Pontíficio Conselho Cultural, descreveu o longa como ‘um desvio moral’, e aconselhou cristãos a não vê-lo.

‘Esse temática vampiresca em ‘Crepúsculo’ combina excessos que dão uma elevada atmosfera esotérica ao filme’, disse o padre ao ‘The Daily Express’. ‘É um filme com desvios morais, que deve ser visto com preocupação’.

Bella e Edward em cena romântica

No passado, o Vaticano também atacou os filmes e livros da série ‘Harry Potter’, destinados ao público infanto-juvenil, que tratam de bruxaria e um mundo encantado com seres mágicos.

http://correio24horas.globo.com/noticias/noticia.asp?codigo=42029&mdl=49

27
nov
09

Fã de ‘Crepúsculo’ tatua as costas com carta de amor de Edward para Bella

Isso é simplesmente inacreditável!

Quando li essa notícia, juro que a princípio achei que era brincadeira…

Fã de ‘Crepúsculo’ tatua as costas com carta de amor de Edward para Bella

sexta-feira, 20 novembro, 2009 às 16:29

Não há como negar. ‘Crepúsculo’ virou uma verdadeira febre no mundo inteiro e, de tão famosa, a saga vem se tornando uma verdadeira obsessão para alguns fãs. Nesta sexta-feira, 20, dia do lançamento do novo filme da série, “Lua Nova”, caiu na rede uma foto de uma fã que cobriu praticamente as costas inteiras com uma tatuagem que transcreve uma declaração de amor de Edward para Bella, os dois protagonistas do romance. Exagero??

http://puranoticia.com.br/2009/11/20/fa-de-crepusculo-tatua-as-costas-com-carta-de-amor-de-edward-para-bella/

27
nov
09

Bella entre o vampiro e o lobisomem

Matéria publicada no jornal Correio no caderno Vida, na página 28, do dia 20 de novembro de 2009.

Bella entre o vampiro e o lobisomem

Hagamenon Brito

hagamenon.brito@redebahia.com.br

Amores impossíveis são muito românticos e, alguma vezes, trágicos. Não por acaso, a escritora americana Stephenie Meyer abre as portas de “Lua Nova” (seis milhões de exemplares vendidos), romance que dá continuação a “Crepúsculo”, com uma citação imortal de “Romeu e Julieta”, do bardo inglês William Shakerpeare: “Estas alegorias violentas têm fins violentos, falecendo no triunfo, como fogo e pólvora que num beijo se consomem.

Como os desafortunados amantes de Shakespeare, Edward Cullen (Robert Pattison) e Bella Swan (Kristen Stewart) desafiam o abismo de seu relacionamento. Ele é um vampiro eternamente com 17 anos, enquanto ela é uma garota prestes a completar 18 anos e capaz de fazer tudo para ficar com seu amado (inclusive, deixando-se morder e virando vampira, se ele concordar).

Em “Lua Nova”, o esperado filme dirigido por Chris Weisz (“A Bússola de Ouro”), Edward deixa Bella e ela busca consolo no ombro amigo do malhado Jacob Black (Taylor Lautner), que pertence a uma família de lobisomens, criaturas inimigas dos vampiros.

Dito assim, os não-iniciados podem pensar que estamos falando de um filme de terror. Nada a ver. Em literatura ou em cinema, a saga “Crepúsculo” é uma febre mundial entre garotas adolescentes (e agora, com o filme investindo ainda mais em ação, quer conquistar também os garotos). Stephenie Meyer conseguiu transformar vampiros e lobisomens em ídolos teens.

Embalado por canções de Thom York (que compôs Hearing damage especialmente para a trilha sonora), Death Cab for Cutie, The Killers, Muse, Ok Go e Black Rebel Motorcycle Club, “Lua Nova” já estréia fazendo barulho. Nos EUA, as vendas antecipadas de ingressos desbancaram grandes produções como o terceiro episódio de “Guerra nas Estrelas”, “Harry Potter e o enigma do príncipe” e “Batman – O cavaleiro das trevas”. No Brasil, foram vendidos mais de 290 mil ingressos.

Na noite de pré-estreia de “Lua Nova” em Los Angeles, segunda-feira, o galã Robert Pattison comparou o sucesso da franquia à histeria pelos Beatles nos anos 60: “Eu acredito que poucos seres humanos vão um dia experimentar esse amor que sentimos nos eventos de “Crepúsculo””.

Devido a tanto sucesso, o lançamento do longa-metragem “Lua Nova” foi cercado de grandes cuidados. Por medo da pirataria (ou talvez de possíveis críticas negativas), as habituais cabines – sessões fechadas para a imprensa antes da estreia de um filme – foram abolidas.

E nem bem chegou “Lua Nova”, já se sabe que o terceiro filme da saga, “Eclipse”, estreará nos cinemas em 30 de junho de 2010 e “Amanhecer”, o último livro da série, pode se desdobrar em dois longas. Com certeza, os milhões de fãs querem sorver essa magia pop até a sua última gota.

Hoje, no saguão do UCI Multiplex Iguatemi, às 18h, vai acontecer um concurso de cosplayers (pessoas que se vestem como os personagens) e os melhores fantasiados ganharão brindes como iPods, camisas, livros, DVDs e Cds.




Melissa Rocha

Jornalista apaixonada por cachorros e literatura, principalmente o gênero infanto-juvenil. Torcedora (e sofredora) do Palmeiras e Bahia. Fã de Drew Barrymore, Dakota Fanning, Anthony Kiedis e Red Hot Chili Peppers, All Star e Havaianas.

Blog Stats

  • 1,442,532 hits

No Twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
março 2017
S T Q Q S S D
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Páginas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 72 outros seguidores

Mais Avaliados