Archive for the 'Stephenie Meyer' Category

14
jul
10

Eclipse – Guia Oficial Ilustrado do Filme

Mais um caça-níquel já está disponível para compra no mercado editorial brasileiro: “Eclipse – Guia Oficial Ilustrado do Filme”.

O primeiro filme também ganhou um guia ilustrado, “Crepúsculo – Livro de Anotações da Diretora”, mas sob a ótica da diretora Catherine Hardwicke e algumas das suas anotações sobre cenas, figurino, maquiagem, penteado e afins das personagens.

Em “Lua Nova” não foi diferente. Desta vez, os leitores e apaixonados pela série, tanto nos livros quanto no cinema, são convidados para um tour pelos bastidores de gravação do filme.

O autor Mark Cotta Vaz parece ter gostado de lucrar em cima da curiosidade, do fanatismo e do amor incondicional dos fãs de Bella (ou Kristen), Edward (ou Rob) e Jacob (ou Taylor), pois não satisfeito em lucrar bastante com o “Lua Nova – Guia Oficial do Filme”, repetiu a dose em “Eclipse – Guia Oficial Ilustrado do Filme”.

Mas eu me pergunto: será que ele está errado? Tem mercado para isso e os fãs adoram. Então go on Vaz! “Amanhecer” vem por ai e é mais uma chance de lucrar – duplamente, já que o filme terá duas partes – e entreter o público adolescente. Mas como já passei desta fase, esse livro não terá o prazer de fazer parte da minha estante!

Sinopse

Os bastidores do filme inspirado em Eclipse, o terceiro livro da série best-seller de Stephenie Meyer.

Nesse guia ilustrado, impresso em cores, Mark Cotta Vaz apresenta os bastidores dessa superprodução: equipe, elenco, locações, sets – tudo o que acontece por trás das câmeras revelado em fotos e entrevistas exclusivas. Uma chance única de olhar de perto o processo de criação de um filme e ter acesso a imagens e depoimentos dos astros que povoam os sonhos de todos os fãs: Robert Pattinson (que interpreta Edward Cullen), Kristen Stewart (Bella Swan) e Taylor Lautner (Jacob Black).

08
jul
10

Comédia tira sarro da saga ‘Crepúsculo’

Olha, apesar de ser uma pessoa que adora sorrir e que ri de tudo eu não gosto desses tipos de filmes. Assisto e me divirto em bons filmes de comédia, mas não curto filmes ao estilo de “Todo mundo em pânico” e afins que tiram sarro de outros filmes, por pior que sejam os filmes e que às vezes mereçam mesmo ser tirado um sarro. Pode ser chatice de minha parte, mas é a minha opinião. Não gosto e ponto, mas respeito quem gosta e respeito muito as opiniões alheias. Como sou uma pessoa democrática e tento fazer deste espaço um local também democrático, trago a seguinte notícia.

Comédia tira sarro da saga ‘Crepúsculo’; veja o trailer


Filme inédito ‘Vampires suck’ teve trailer divulgado nesta quarta-feira (7).
Longa parodia filmes vampirescos e também ri do fenômeno Lady Gaga.

08/07/2010 10h38 – Atualizado em 08/07/2010 10h38

Do G1, em São Paulo

Comédia inédita recria cena importante de ‘Lua Nova’: sai o sangue, entra o cheeseburger. (Foto: Divulgação)

Uma comédia que parodia a saga “Crepúsculo” é a aposta dos estúdios 20th Century Fox para faturar em cima dos filmes baseados nos livros de Stephenie Meyer. Em “Vampires suck”, Edward Cullen e Isabella Swan não são poupados de situações ridículas.

O trailer divulgado na última quarta-feira (7) – e que pode ser visto no site oficial do longa – recria a cena vista em “Lua nova”, quando Bella (chamada de Becca) corta o dedo em um papel e é atacada por Jasper Hale na casa dos Cullen. Na versão satirizada, a estudante é vista como um suculento cheeseburger pelo vampiro.

O longa ainda tira sarro do visual do trio de vilões de “Crepúsculo”, James, Victória e Laurent, que são confundidos com integrantes da banda pop Black Eyed Peas por uma de suas vítimas. A cantora Lady Gaga também é lembrada entre as sátiras da comédia, que deve estrear nos Estados Unidos em 18 de agosto.

Segundo o site FilmeB, a comédia deve chegar aos cinemas em 1º de outubro.

Fonte: http://migre.me/ViQh

04
jul
10

Kristen Stewart diz que prefere beijar Dakota Fanning a Lautner e Pattinson

Será que ela quer polemizar ou quer mais holofotes voltados para ela? Deve ser muito fácil contracenar com a Dakota Fanning, pois a considero uma das melhores, se não a melhor atriz da sua geração. Mas convenhamos… Stewart tão comportadinha vai acabar dando o quer falar mais do que ela queria ou planejou…

Kristen Stewart diz que prefere beijar Dakota Fanning a Lautner e Pattinson

Atriz falou sobre cenas românticas com colegas de elenco em entrevista

Redação CORREIO

Kristen Stewart é considerada uma menina de sorte pelas fãs da saga “Crepúsculo” – afinal, a atriz tem a chance de beijar Taylor Lautner e Robert Pattinson.

Porém, durante uma coletiva de imprensa sobre o lançamento do filme “Eclipse”, Kristen não quis escolher qual dos dois atores beijava melhor e preferiu elogiar Dakota Fanning, com quem contracena na saga vampiresca e no filme “The Runaways”: “Prefiro a Dakota. Vou ter que escolher essa resposta porque é a mais fácil”, disse referindo-se a cena de beijo das duas no filme “The Runaways”.

Atrizes contracenam em “The Runaways”

A atriz também contou que as cenas de romance com Taylor Lautner para “Eclipse” foram difíceis: “Foi difícil porque o personagem dele era muito contra tudo que minha personagem já foi. Ainda não me acostumei a fazer essa cenas com ele porque nossos momentos românticos foram poucos até agora, então nos divertimos mais. Comigo e com Rob tudo é muito mais sério porque temos várias cenas assim”. As informações são do Ego.

Fonte: http://migre.me/UfDX

29
jun
10

‘Crepúsculo’: ‘Amanhecer’ deve ter cenas de sexo

Bom, que fique mais quente e que “Amanhecer” seja menos chato.

E, caso eu não esteja doida, há um pequeno errinho na matéria no nome do filme que estréia essa semana não? Seria “Eclipse”, certo?

‘Crepúsculo’: ‘Amanhecer’ deve ter cenas de sexo

Roteirista promete sequências quentes para o casal Bella e Edward

O casal Bella (Kristen Stewart) e Edward (Robert Pattinson) (Divulgação)

O tempo dos vampiros santinhos pode ter ficado para trás na saga cinematográfica Crepúsculo. Em entrevista à revista People, a roteirista da série, Melissa Rosenberg, anunciou que Amanhecer, filme que estreia nesta quarta-feira, em todo o mundo.

“Sim, vocês verão sexo”, disse Melissa . “É dessa forma que o relacionamento de Edward (Robert Pattinson) e Bella (Kristen Stewart) se desenvolve no livro, e será igual no filme. Então, terá mais gente nua em Amanhecer que nos outros longas.”

Os mais animadinhos, porém, não esperem cenas de sexo explícito. “O filme respeitará a classificação etária dos outros, mas será mais quente”, garante a roteirista.

Fonte:  http://migre.me/SZM2

——————————————————————————————————————–

A revista Veja desta semana tem uma matéria bem legal sobre o terceiro filme, “Eclipse” da saga “Twilight” que estreia amanhã nos cinemas. Eu gostei da matéria principalmente porque dá grande valor não apenas a personagem Jacob Black, mas ao próprio ator Taylor Lautner.

Vou transpor um trechinho: “Taylor Lautner, porém, tem mais do que um tanquinho formidável. Quase demitido quando o segundo filme começou a ser rodado – tinha então 16 anos, e os produtores duvidavam que ele fosse capaz de segurar o peso crescente do seu personagem na história -, ele brigou pelo personagem e agora é o que a série tem de melhor. Jacob é, com e sem trocadilho, uma presença muito mais viva e palpitante do que Edward. Tem mesmo sangue correndo nas veias, e até a depressiva Bella é capaz de farejar essa vitalidade. Não só David Slade e, finalmente, também os executivos por trás de Crepúsculo perceberam que Lautner irradia carisma. Em uma reportagem recente, todos os agentes de elenco ouvidos pela revista Entertainment Weekly opinaram que é ele, não Kristen nem Pattison, o astro que a série lançou – e seu cachê, a tradução concreta dessas expectativas, já está em 7,5 milhões de dólares e subindo. Em algum lugar, pelo menos, um lobisomem vai levar a melhor sobre os vampiros”.

Por isso eu sou team Jacob hehehe

ohhh eles ficam muito mais bonitinhos juntos snif…

13
jun
10

“Amanhecer”, último filme da série “Twilight” será lançado em duas partes

Assim como foi anunciado que acontecerá com o último livro de Harry Potter, “Harry Potter e as Relíquias da Morte”, dividido em duas partes na telona, o mesmo ocorrerá com a série vamp teen mais comentada da atualidade.

No último dia 10 a produtora Summit declarou oficialmente aquilo que já vinha sendo especulado por jornalistas e fãs da série Twilight. O fim da saga vampiresca de Stephenie Meyer, “Amanhecer” será dividido em duas partes. A primeira com data prevista para o dia 18 de novembro de 2011, mas ainda sem data para a segunda parte. A produtora divulgou apenas que será lançado no ano de 2012.

Já se tem a confirmação no elenco por parte de Kristen Stewart (Bella Swan), Robert Pattinson (Edward Cullen) e Taylor Lautner (Jacob Black), assim como Peter Facinelli (Dr. Carlisle Cullen), Nikki Reed (Rosalie Hale), Ashley Greene (Alice Cullen) e Kellan Lutz (Emmet Cullen). No entanto, ainda não confirmaram presença nem Dakota Fanning (Jane) nem Michael Sheen (Aro Volturi). O que se confirmando a ausência de Dakota Fanning é uma pena, pois, na minha opinião, ela é uma das maiores e melhores atrizes da sua geração.

Não sei muito bem como encaro essa notícia, afinal, dos quatro livros, “Amanhecer” para mim é que tem mais embromação e acontecimentos mais bizarros. E isso é uma opinião muito comum entre as pessoas da minha geração que acompanham a trajetória de Bella, Edward e Jacob. Pois o que eu mais queria que fosse evitado no filme são as intermináveis páginas com o sofrimento de Bella na sua gravidez “indesejada” (não por ela, lógico) na esperança que todo o livro acontecesse em apenas um filme. Mas com essa agora de o filme acontecer em duas partes, tenho a sensação e a impressão de que ficarei meio entediada na sala do cinema.

A pergunta que não quer calar é: em que parte exatamente será que o primeiro filme encerará a história? Isso ainda nem a roteirista Melissa Rosenberg sabe dizer…O jeito é mesmo aguardar para ver.

PS: Em relação a escolha da foto – Desde que conheci “Twilight” imaginava que Bella fosse terminar a história ao lado de Edward, mas sempre torci por Jacob, indo de encontro à opinião geral. Mas bem que as pessoas ficaram mais simpáticas ao jovem lobisomem após a monstruosa transformação de Taylor Lautner… tsc tsc risos!

12
jun
10

Feliz refém dos vampiros

Não é por nada não, mas quando vi noticias sobre o lançamento do livro “A Breve Segunda Vida de Bree Tanner” (pelo amor de Deus, quem é Bree Tanner?) de Stephenie Meyer, fiquei muito desconfiada. Twilight já é um sucesso, best seller, ganhou versão para a telona, virou HQ, deu muita grana para a autora e os atores que representam as personagens, para que mais essa história? Um livro curto, uma história paralela… fico pensando que é apenas para ganhar mais dinheiro. Como sempre acontece em uma coleção de sucesso, como “Harry Potter”, por exemplo. A quantidade de outras obras que surgiram para se aproveitar da história do bruxinho foi incrível, até mesmo livros explicando como funciona o quadribol e os animais mágicos estranhos que fazem parte do universo mágico de Harry.

Não gosto desse tipo de coisa, mas enfim, é o mundo capitalista em que vivemos e os fãs que são fãs, com certeza, vão comprar esse tipo de obra, porque tudo que tiver referência a Twilight vai atrair o leitor modelo.

Quando vi o livro fiquei na dúvida se comprava ou não. Apesar de não gostar desses livros que querem apenas vender, eu sou curiosa, então peco ai. Ainda não comprei o livro, mas vamos ver se resolvo comprar e volto para dar a minha opinião sobre a história.

Feliz refém dos vampiros

Autora da série best-seller Crepúsculo, Stephenie Meyer volta ao mesmo universo para contar uma parte da história da perspectiva de um ser do mal. Ou, mais precisamente, de um ser mal orientado

Jerônimo Teixeira

VEIA ROMÂNTICA
Stephenie Meyer, a estilista:
“Seus dentes brilhavam sob
a luz de um poste”

Stephenie Meyer não gosta de vampiros. Nunca foi fã de Bram Stoker, o autor de Drácula, e não vê filmes de terror (até porque estes não se coadunam com os ditames de sua fé mórmon). No entanto, a escritora americana é a criadora da saga Crepúsculo, cujos quatro títulos já venderam mais de 80 milhões de exemplares no mundo e deram início a uma nova voga de filmes e livros de vampiros. A ideia de escrever uma série sobre sugadores de sangue adolescentes que exercem a escolha moral de não matar humanos teria surgido em um sonho. “Não escolhi os vampiros. Eles me escolheram”, declarou Stephenie em uma entrevista a VEJA, há dois anos. É um problema quando essas criaturas escolhem alguém: não largam mais. Stephenie tentou a mão em um romance de ficção científica, A Hospedeira, sem a mesma repercussão. No Brasil, vendeu cerca de 140 000 exemplares, número para lá de expressivo – mas que nem de longe se equipara às cifras de Crepúsculo, com 4,5 milhões de volumes comercializados no país. Agora, às vésperas do lançamento do filme Eclipse, baseado no terceiro livro da série, Stephenie volta ao mesmo universo com A Breve Segunda Vida de Bree Tanner (tradução de Débora Isidoro; Intrínseca; 192 páginas; 24,90 reais).

Lançado no Brasil nesta semana – juntamente com a edição americana –, o novo romance é, muito oportunamente, um desdobramento de Eclipse, o episódio que está chegando aos cinemas. Nesse livro, a vampira Bree Tanner era uma personagem secundária na luta épica dos Cullen – o clã de vampiros do bem – contra a malévola Victoria. A tetralogia Crepúsculo é toda narrada em primeira pessoa por Bella, a romântica humana que se apaixona pelo charmoso dentuço Edward Cullen. Bree Tanner, na aparência, constituiria um lance mais ousado: a mesma história (ou uma pequena parte dela) narrada do ponto de vista de uma criatura do mal, uma vampira que não tem escrúpulos em matar pessoas para se alimentar. Mas Bree, no final, não é tão perversa. A coitadinha é só uma vítima das más companhias.

O apelo da série original junto ao público adolescente está no seu romantismo gótico, com a moça determinada mas inocente (virgem, inclusive) que se apaixona irremediavelmente por um rapaz sensível e meio mórbido – mas dotado de força sobre-humana. A fórmula é repetida em Bree Tanner, com um quase namoro entre a protagonista e outro vampiro, Diego. As cenas de ação são meio canhestras mesmo para os padrões fantasiosos desse tipo de literatura, a expressão de emoções é simplória (volta e meia aparece um personagem que “franze a testa”) e o texto traz frases desengonçadas (“seus dentes brilharam sob a luz de um poste”). Isso deve importar pouco para um público adolescente que deseja doses iguais de açúcar e sangue. Stephenie Meyer encontrou um rico veio (ou será uma veia?) romântico. É uma feliz prisioneira dos vampiros

Fonte:  http://migre.me/NYcP

12
maio
10

Disputa salarial adia anúncio do filme “Crepúsculo 5”

Matéria extraída do site http://migreme.net/8ff

 

Da Reuters

O estúdio responsável pela franquia de filmes “Crepúsculo” está trabalhando arduamente para fechar os acordos com atores necessários para dividir o quarto livro da série de vampiros da autora Stephenie Meyer em dois filmes.

Mas um obstáculo improvável está adiando o anúncio e pode até levar a mudanças no elenco do filme final da série.

A Summit Entertainment está perto de fechar contratos com os protagonistas Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner, que receberão aumentos polpudos para retornar para um quinto filme da saga.

O diretor Bill Condon já foi contratado para fazer dois filmes “Amanhecer”, a serem rodados consecutivamente no outono no hemisfério norte e lançados respectivamente em novembro de 2011 e no verão de 2012 no hemisfério norte.

Mas a Summit está tendo mais dificuldade em fechar com alguns dos atores coadjuvantes da série. Os contratos com Peter Facinelli (que representa Carlisle Cullen) e Billy Burke (o pai de Bella, Charlie Swan) já foram acertados, mas fontes dizem que os atores que fazem os jovens Cullen (especialmente Kellan Lutz e Ashley Greene) querem receber mais do que o estúdio está disposto a oferecer.

“É possível que um deles tenha que ser demitido para deixar as coisas claras”, disse uma fonte próxima das negociações.

Hoje, depois dos dois primeiros filmes da série, mesmo os atores coadjuvantes viraram astros valorizados; faz sentido que queiram receber mais pelo último filme. Mas, segundo as fontes, as ofertas da Summit – que teriam sido pelo menos 10 vezes maiores do que os valores que os atores receberam com o primeiro filme – foram considerados “insultantes”, em vista dos lucros enormes gerados pela franquia.

O estúdio tem razões para estar preocupado com custos, desta vez. Como é habitual com as franquias de sucesso, os filmes da série “Crepúsculo” estão ficando mais caros a cada novo capítulo.

Os atores principais vão se dar especialmente bem se “Amanhecer” for dividido em duas partes. Os três foram contratados originalmente para fazer três filmes (isso na época em que “Crepúsculo” não passava de adaptação feita com orçamento pequeno de um romance de nicho para adultos jovens), mas, na primavera de 2009 no hemisfério norte, depois de o primeiro filme ter feito sucesso internacional, eles renegociaram seus contratos, para que o estúdio pudesse conservá-los para o quarto filme.

Então o estúdio percebeu que “Amanhecer”, com mais de 900 páginas e narrativas relatadas desde duas perspectivas, era suficientemente denso para ser dividido em duas partes (como a Warner Bros. anunciou que fará com o último “Harry Potter”). Havia só um problema: o elenco não tinha contrato para fazer um quinto filme. Agora seus integrantes são todos grandes astros, tendo Lautner, em particular, elevado seu preço para cerca de 7,5 milhões de dólares por filme. Assim, uma nova negociação começou.

Os gastos adicionais com os protagonistas tornarão o último filme muito mais caro que os primeiros (“Eclipse”, que chega aos cinemas em 30 de junho, está custando cerca de 65 milhões de dólares, valor que certamente será superado pelo quarto e quinto filmes, mesmo que seja possível reduzir os custos, rodando os dois filmes ao mesmo tempo). Por essa razão o estúdio ainda não abandonou a possibilidade de fazer apenas um “Amanhecer”, embora várias fontes dizem que ficarão muito surpresas se não houver um quinto filme da série.




Melissa Rocha

Jornalista apaixonada por cachorros e literatura, principalmente o gênero infanto-juvenil. Torcedora (e sofredora) do Palmeiras e Bahia. Fã de Drew Barrymore, Dakota Fanning, Anthony Kiedis e Red Hot Chili Peppers, All Star e Havaianas.

Blog Stats

  • 1,442,532 hits

No Twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
março 2017
S T Q Q S S D
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Páginas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 72 outros seguidores

Mais Avaliados