08
jul
10

Eragon

Christopher Paolini, o jovem autor americano (ele tinha apenas 15 anos quando começou a escrever a trilogia), conhecido por escrever as aventuras de Eragon, um Cavaleiro de Dragão, primeiro concebeu escrever as suas histórias em três volumes, conhecidos como Trilogia da Herança, mais tarde alterado para Ciclo da Herança. No entanto, após o lançamento do terceiro volume da série, “Brisingr”, Christopher percebeu que não teria como concluir toda a saga apenas em três volumes, então o que era uma trilogia, tornou-se uma série. Bom para os leitores que gostam de muitos livros em sequencia, que se sentem carentes quando terminam uma saga e tem depressão pós livro. A depender da história e do livro, eu sou assim.

“Eragon” conta a história de Eragon, um garoto de 17 anos que mora em uma vila isolada do reino de Alagaësia com o tio e o primo. São camponeses humildes, mas muito honestos. O garoto sai para caçar nas montanhas e no chão algo desperta a sua atenção: uma pedra azul. Por ser muito bonita ele decide guardá-la e levá-la para casa.

Com o passar dos dias o que ele acha não passar de uma pedra se revela um ovo e choca. Sem saber de qual animal se trata ele sente um pouco de dificuldade para alimentar e cuidar do bichinho. Mais tarde ele descobre que o animal é um dragão e ao tocá-lo ele fora marcado na mão e no pulso. Eragon cria uma relação muito especial com o dragão fêmea que ele chama de Saphira e ela o adota como o seu cavaleiro.

Mas essa descoberta não vai ser nada tranqüila para Eragon. Em primeiro lugar, os dragões estavam praticamente extintos, o que poderia atiçar a cobiça alheia. Em segundo lugar, ele era apenas um jovem camponês sem recursos e não poderia tratar adequadamente um dragão. Em terceiro lugar, não tinha onde “guardar” Saphira e se deixasse ela solta na natureza seria uma loucura. Então Eragon decide manter o seu dragão em segredo até decidir o que fazer. No entanto o seu segredo não dura muito e o perverso rei que também possui um dragão, mas com interesses escusos, começa a perseguir o garoto e acaba fazendo muito mal aos seus familiares.

Eragon escapa e conhece Brom, um contador de histórias e ex cavaleiro de dragão que vai ajudá-lo a se tornar um verdadeiro cavaleiro de dragão. E é a partir deste encontro que uma verdadeira amizade começa a surgir e a grande jornada de Eragon se inicia. Ele encontrará povos fantásticos, combaterá ao lado de elfos, conhecerá outros cavaleiros de dragões, Saphira terá que lutar contra outros dragões, mas também fará amizades com outros seres semelhantes a ela.

A narrativa é muito simples, muito gostosa de ler, as descrições são ótimas, os seres inseridos na história são adoráveis e também detestáveis. Não me senti entediada em momento algum. É um bom livro. Paolini não traz nada de novo. Segue a receita de livros que agradam, sem nada demais, mas é divertido pelo lazer e quem gosta de literatura fantástica com um pouco de conto de fadas, fica uma boa sugestão.

Porém quero deixar claro uma coisa: eu simplesmente odiei o filme baseado no livro. Nossa que filme ruim. Quando eu estava na faculdade de jornalismo eu estagiei na TV Aratu, a afiliada da SBT, em um programa jornalístico que era exibido todos os dias das 7 às 8 da manhã. E todas as sextas o programa tinha uma programação diferente. A primeira metade era o Dia de Cão (matérias, entrevistas com criadores de animais, etc) e a segunda metade  Sala de Cinema (novidades no mundo do cinema, dia do jornalista no cinema, brindes, sorteio de ingressos e etc). Meu chefe sempre me dava ingressos, brindes, DVDs, CDs de trilhas sonoras de filmes, até meias daquele filme “Bee Movie” eu ganhei. E um dos brindes que ele me deu foi o DVD de “Eragon”. Eu tinha lido o livro e adorado. Nossa quando vi o filme, que tristeza. Muito ruim. Só se compara em péssima qualidade a “A Bússola de Ouro”. E olha que eu ainda acho que a “A Bússola de Ouro” consegue ser melhor.

Quem leu o livro e não viu o filme, não veja, não vale a pena, traumatiza e pode até mesmo fazer com que você não queria ler os demais livros da série. E os livros valem a pena.

Anúncios

2 Responses to “Eragon”


  1. 1 Sandra Oliveira
    julho 8, 2010 às 8:39 am

    Li Eragon já faz alguns anos e achei um livro razoável. A história é boa, há personagens cativantes, principalmente Saphira, que é adorável, mas é um livro mais que comum. Acho que sua narrativa simples demais (pudera, escrita por um garoto de 15 anos), como vc mesma disse não traz novidades.
    Tive intenções de ler as continuações, mas eis que então veio o filme e fui assistí-lo, acredite, no cinema. Maior decepção não poderia. Tudo muito tosco, beirando o ridículo e amador, o fato é que eu desisti de continuar a série, inclusive em livros, por conta também do que vi no filme. Foi lamentável, seguindo o exemplo de A Bússola de Ouro. Acho que esses dois filmes juntos não dão um, rs…

    beijos

    p.s. quanto à Crazy Heart (Coração Louco) que vc viu no cartaz do post com data de dezembro, essa foi a estreia, mas em dezembro passado 😉 sabe como são esses cartazes…podem confundir, rs
    Mas o filme já está em DVD ou numa net mais próxima de vc, rs e vc pode assistí-lo no conforto da sua casa. É um ótimo filme com um excelente Jeff Bridges e uma maravilhosa trilha sonora!

  2. julho 8, 2010 às 9:50 am

    ah é? hauhauhaua eu sou muito lerda
    de férias para assistir a um filme que vai voltar a entrar em cartaz só para eu ver huahuahua
    abafa risos
    quanto ao filme… lamentável. tá vendo ai? gerou trauma… de novo em você. assim como em “A Bússola de Ouro”, ninguém merece né?
    Feio isso
    beijos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Melissa Rocha

Jornalista apaixonada por cachorros e literatura, principalmente o gênero infanto-juvenil. Torcedora (e sofredora) do Palmeiras e Bahia. Fã de Drew Barrymore, Dakota Fanning, Anthony Kiedis e Red Hot Chili Peppers, All Star e Havaianas.

Blog Stats

  • 1,486,617 hits

No Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
julho 2010
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Páginas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 76 outros seguidores

Mais Avaliados


%d blogueiros gostam disto: