26
jun
10

Querido John

Em homenagem a querida blogueira Sandra  – http://apenasumavez.wordpress.com – diante de seu comentário em meu post anterior, “A Última Música”, em que ela conta ter assistido a um trailer e ter ficado bastante interessada em ler o livro que deu origem ao filme, esse post vai para ela. Trata-se de “Querido John” de Nicholas Sparks.

Por ser mais um livro de Sparks espera-se que ele esteja no topo da lista de livros mais vendidos em todos os cantos do mundo e, como se fosse uma profecia, ele está. E quem já leu seus livros sabe o que vai encontrar: muito romance, alguns desencontros, drama, problemas na família e muitas, muitas e muitas lágrimas.

“Querido John” narra a história de um jovem que fora abandonado pela mãe quando ainda era bem pequeno e fora criado apenas por um pai pouco caloroso e distante, que tinha como único prazer na vida colecionar moedas. John alista-se para o exército e torna-se um jovem soldado americano. Durante uma licença, ele volta para casa e, de uma maneira bem inesperada, conhece uma jovem que para sempre irá mudar o seu destino, Savannah, e por ela se apaixonará como nunca antes na sua vida se apaixonou por mulher alguma.

De um adolescente rebelde que abandonou os estudos, a constantes revoltas com o pai, a um ato impulsivo de se alistar ao exército sem ter noção dos horrores que encontraria nas guerras que seria obrigado a lutar e entre as idas e vindas aos braços da garota simples,  reservada e conservadora que ele passou a amar, John não apenas amadureceu, mas enfim entendeu o seu pai, se conheceu e também conheceu as alegrias e as dores das perdas e ganhos de um verdadeiro amor.

“Querido John” é um livro muito bonito mas também muito triste. O final me partiu o coração. Não queria aquele fim de jeito nenhum, mas o pior é que quando eu terminei de ler, fechei o livro e fiquei pensando que não podia ser diferente. Infelizmente me conscientizei e me conformei que não tinha como ser diferente. Diante do rumo que a história foi tomando, não tinha como ser de outra forma. Nós, como leitores, muitas vezes gostaríamos de mudar uma coisa ou outra no livro, se eu pudesse fazer algo, mudaria o final, mas para isso teria que mudar o livro todo do meio para o fim… Quem leu, sabe e entende. Quem não leu, corre para a livraria mais próxima e compra seu exemplar, porque vale a pena.

Anúncios

4 Responses to “Querido John”


  1. 1 Sandra Oliveira
    junho 26, 2010 às 8:59 am

    ah, que lindo! obrigada pelo post especial a mim…hehehehe…
    eu quase comprei esse livro uns dias atrás…mas aí acabei vendo outros…sabe como é…

    com certeza, só pelos filmes baseados nos livros de Sparks vc já sabe como são as histórias…
    e cá pra nós, é meio marca registrada também o final ser sempre bastante triste e meio sem final feliz não é? pq vide Uma carta de amor (livro e filme) e o último que me lembro, Noites de tormenta, é sempre de chorar e chorar…sempre!

    pode ter certeza, esse vai ser o próximo da lista de compras! 😉

    um grande beijo e obrigada pelo post!

    p.s. no comentário do post anterior, corrigindo: “intercalar” e não “interlecalar” hahahaha…odeio digitar palavras erradas e só depois ver o erro..rs 😉

    • junho 26, 2010 às 5:33 pm

      hehehe mas que bobagem
      vc merece =)
      com certeza a ausência do final feliz também é uma das marcas registradas de Sparks, mas mesmo assim ele agrada, não é? Interessante isso…
      Compra mesmo, acho que vc vai gostar =)
      Também aprovo a beleza do mocinho da história hehehe, acho que mais até do que a capa do livro hehehehe
      beijos

  2. 3 Sandra Oliveira
    junho 26, 2010 às 9:02 am

    esqueci de comentar também: capa linda essa! mocinho da história – idem! rs
    beijo

  3. 4 Camila
    setembro 27, 2010 às 6:51 pm

    Li e amei!! Lindo e tão triste ao mesmo tempo…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Melissa Rocha

Jornalista apaixonada por cachorros e literatura, principalmente o gênero infanto-juvenil. Torcedora (e sofredora) do Palmeiras e Bahia. Fã de Drew Barrymore, Dakota Fanning, Anthony Kiedis e Red Hot Chili Peppers, All Star e Havaianas.

Blog Stats

  • 1,480,641 hits

No Twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
junho 2010
S T Q Q S S D
« maio   jul »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Páginas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 76 outros seguidores

Mais Avaliados


%d blogueiros gostam disto: