12
jan
10

Série The House Of Night – Escolhida

O terceiro livro da série “The House Of Night”, “Escolhida”, escrito pela dupla P. C. Cast e Kristin Cast, dá continuidade às aventuras vividas pela recém-escolhida para líder das Filhas e Filhos das Trevas, Zoey Redbird e seus amigos vampiros da Morada da Noite.

Logo no início do livro o leitor toma conhecimento que é o aniversário de Zoey. E ela não gosta nem um pouco dessa data e se refere ao evento como um “pé no saco”.

Zoey acorda e abre um envelope que estava em cima da sua mesa, enviado pela Família Heffer. O cartão era ainda pior do que Zoey esperava. Havia uma enorme cruz de madeira na parte da frente do cartão com uma cruz com um prego preso no meio da cruz sangrando, prendendo um papel enrolado à moda antiga. No papel estava escrito a mensagem Feliz Natal em letras vermelhas, naturalmente representando o sangue. O que era um insulto para Zoey, ela preferia ser ignorada pela família.

Ela queria muito que Stieve Rae estivesse ali com ela. E justamente isso a estava fazendo se afastar dos amigos e de Erik, seu namorado. Ela queria a melhor amiga e colega de quarto de volta. Todos acreditavam que ela morrera há um mês, mas Zoey sabia que ela estava transformada em uma criatura morta-viva.

Damien aparece no quarto de Zoey para levá-la ao encontro dos amigos, todos estavam ansiosos para entregar à líder das Filhas das Trevas os seus presentes de aniversário.

Erin Bates e Shaunee Cole, chamadas de as gêmeas por todos da Morada da Noite; Erik Night, um dos namorados de Zoey e Jack Twist, o namorado de Damien, a receberam no salão principal do dormitório com abraços, beijos, comemorações de feliz aniversário e presentes (a pior parte na opinião de Zoey). O primeiro presente a ser aberto foi o de Jack, um globo de neve com um boneco de neve dentro. O que Zoey pensou não ser especificamente um presente de aniversário, sendo sim uma decoração natalina, e das mais cafonas. Mas, para ser educada, ela mentiu dizendo que era lindo.

O segundo presente a ser aberto fora o de Damien. Um cachecol de caxemira, lindo. Ela ficou entusiasmada até que notou as pontas do cachecol e viu bonecos de neve bordados nas pontas. Mais uma vez Zoey pensa que o presente era lindo para Natal, não para um presente de aniversário. Em seguida fora a vez do presente de Erin e Shaunee. Um par de botas de couro de salto stiletto que seriam completamente lindas, chiques e fabulosas se não fossem as árvores de Natal nas laterais das botas. Zoey agradece tentando parece entusiasmada.

E, por último, ela abriria o presente de Erik. Dentro de uma caixa de veludo negro, Zoey se empolgara achando ser uma jóia e ter, enfim, ganho algo que não fosse relacionado a natalversário. Era uma corrente com pérolas, que tinham um formato diferente, um formato de boneco de neve. Mais uma vez Zoey finge que gostara do presente.

Aphrodite aparece no local e joga para Zoey um presente que fora deixado na Morada da Noite pelo carteiro. Ao abrir o presente, Zoey achara que era de sua avó, mas achava estranho porque se encontraria com ela mais tarde. Zoey pegou a pulseira de prata mais linda que já vira na vida. A pulseira tinha desenhos de estrelas-do-mar, conchas de cavalos-marinhos, todos separados por coraçõezinhos de prata. Encantada ela elogia a pulseira e nota o desconfortável silêncio no ar. Então ela vira na mão de Erik o cartão que deveria estar junto ao presente. Era um presente de Heath, o outro namorado de Zoey. No cartão ele dizia que sabia que ela odiava os presentes de natalversário que ela sempre ganhava.

Os amigos ficaram chateados por Zoey não ter contando a eles, mas ela não se sente culpada, afinal havia pouco tempo que eles a conheciam e Heath a conhecia desde que era criança. Além do mais, ela contara sim que não gostava dos tipos de presentes que acabara de ganhar para uma pessoa: Stieve Era.

Zoey fora se encontrar com sua avó no shopping Center ao ar livre, o Starbucks de Utica Square, que ficava no fim da rua da Morada da Noite. Elas estavam sentadas, conversando e matando a saudade quando aparecera a mãe de Zoey, Linda, que com certeza, estragaria o dia especial da garota. Foi uma surpresa tanto para zoey quando para Redbird. E ela realmente estragara o aniversário da garota com um presente que a afrontava: uma Bíblia e um bolo de padaria barato que Zoey não curtia nem um pouco.

Mas os presentes da avó dela foram muito bem vindos: um pote de lavandas em plena flor e um livro muito especial – a primeira edição de Drácula e com autógrafo de Bram Stoker, de janeiro de 1899.

Zoey devolveu para a mãe o presente ridículos que lhe fora dado e imaginou que isso era arte de John. Concluiu que a mãe não fora ao encontro porque queria vê-la e sim porque o marido dela queria que a mãe dela fizesse com ela se sentisse mal e ele, com certeza, não perderia a cena. Zoey então grita o nome dele mandando ele aparecer. E a garota mais uma vez estava certa. Jogou nele o presente que a mãe lhe dera e diz que não faz mais parte da família. Eles discutem e, mais uma vez, Linda prefere ficar ao lado do marido, em contrapartida, Redbird fica ao lado da neta.

Zoey manda John ir para o inferno e a avó diz que ele é uma anta escrota. Ambas prometem não procurarem mais pelo casal, porém John diz que ao contrário do que elas pensam, elas ouviriam sim falar dele novamente, de forma ameaçadora, e completa dizendo que muitas pessoas boas, decentes e tementes a Deus estavam cansados de tolerar as perversidades de pessoas como Zoey.

Zoey conta para a avó os últimos acontecimentos com os amigos, o mal entendido com os presentes e a situação mal resolvida com Heath e Erik. A avó lhe dá conselhos e ela decide ir resolver os seus problemas. Mas antes, em voz alta, ela pede a Nyx um presente de aniversário: se encontrar com Stieve Rae. E pouco tempo depois ela sente um cheio de coisa velha, de mofo e segue o cheiro, dando em um beco escuro com Stieve Rae sugando o sangue de uma sem-teto. Elas discutem, conversam e Zoey consegue convencer a melhor amiga a se encontrar com ela para tomar um banho e promete lhe levar algumas roupas de estilo country.

Ao chegar na Morada da Noite, Zoey acendeu algumas velas e ficou refletindo sobre o seu dia e os problemas que tinha que resolver, até que ouviu a voz de Erik, eles conversam, se entendem e dão o maior amasso, acreditando estarem sozinhos. Inclusive Zoey deixa que ele toque em um dos seus seios. Mas para surpresa deles, o professor Loren Blake aparece interrompendo-os. Zoey fica morrendo de vergonha e Erik age de forma como se estivesse defendendo e marcando o seu território, puxando Zoey para perto de si, e deixando claro para o professor que eles estavam juntos.

Eles vão juntos para os dormitórios e quando estavam se beijando novamente, o grupo de amigos aparecera e ficaram comentando a cena. Jack e Damien estavam adorando e Erin e Shaunee dizendo estar enjoadas. Erik brinca com as gêmeas dizendo que então não daria o recado que tinha para dar de Cole Clifton e T.J. Hawkins para elas. Todos marcaram de ir ao cinema para rever 300 que seria representado em um evento especial no IMAX, no dia seguinte.

No dia seguinte, Zoey acordara cedo e encontrara com as gêmeas no salão do dormitório assistindo TV e comentou que estava indo à biblioteca fazer uma pesquisa sobre rituais. Com certeza, as meninas pensaram que Zoey estava se referindo ao Ritual da Lua Cheia, mas ela estava se referindo ao ritual para desfazer a condição de morta-viva de Stieve Rae. E pede que as meninas encontrem Damien e Erik e digam a eles para que se encontrassem todos debaixo da árvore perto do muro às sete e quinze.

Zoey estava vestida com o cachecol de boneco de neve de Damien e as botas das gêmeas, dos presentes que os amigos lhe deram. As meninas no salão aprovaram as botas, o que deixou as gêmeas bem orgulhosas.

Quando Zoey chegou a biblioteca, o local estava deserto. Ela ficara meio perdida nas pesquisas pois não sabia direito o que procurar. Gostaria de ter tido a ajuda de Damien, mas ela não podia ainda contar aos amigos sobre Stieve Rae.

Então, para sua surpresa, dera de cara com professor Loren quando estava procurando alguns livros. Ele começa a sondar a garota, perguntando se ela estava querendo combater algo especificamente. Ela diz que não, apenas estava tentando fazer um bom trabalho como líder das Filhas das Trevas.

Ele dá em cima de Zoey descaradamente e a beija. Ela se sente um pouco culpada por causa de Erik, mas não resiste às investidas de Loren, correspondendo a todos os beijos. Ele propõe que eles continuem tando um romance, em segredo e Zoey concorda, se sentindo uma “cachorra” por causa disso. Afinal ela estava agora se envolvendo com mais um cara e teria que administrar três.

Loren lhe deu o presente de aniversário que comprara para ela: um par de brincos de diamante. Zoey acabou perdendo a hora e quando chegou ao encontro marcado com os amigos, todos há estavam lá esperando por ela.

Eles decidem fazer um ritual com os elementos pois seria o 1º após a morte de Stieve Rae e eles precisariam do círculo completo. Zoey pensara em deixar a vela verde que representava o elemento terra de Stieve Rae no chão, mas Erik quis tentar o cupar o lugar. No entanto quando Zoey fora acender a vela, ela voou da mão da garota e imediatamente ouviram alguém reclamando e resmungando vindo do escuro segurando a vela verde apagada e esfregando a marca vermelha na testa onde a vela fora parar quando voou da mão de Erik, era Aphrodite.

Ela xinga o grupo de amigos de Zoey de nerds e os garotos começam a xingar ela de volta. Antes que as ofensas e brigas ficassem feias, Zoey intervém.

Aphrodite conta que Nyx mandara que ela fosse para aquele local. Zoey quis saber porque e a garota loura responde mandando que ela acendesse a vela verde para saber e quando Zoey o faz, a vela se acende instantaneamente, cercando Aphrodite com os aromas e sons de um prado verdejante em pleno verão. Nyx resolvera presentear a ex-líder das Filhas das Trevas com a afinidade com a terra.

Depois de muitos protestos, ofensas e agonia, Zoey consegue controlar a situação e todos concordam que Aphrodite deveria fazer parte do conselho e formaria o círculo dos elementos no lugar de Stieve Rae. Inclusive Zoey fizera a própria Aphrodite prometer que se submeteria às novas regras das Filhas das Trevas.

Os garotos, após o ritual, saem andando, afinal eles tinham marcado de ir ao cinema. Mas notaram que Zoey não estava caminhando com eles. Ela pede que eles vão na frente e os encontraria após ter uma conversa com Aphrodite.

A ex-líder das Filhas das Trevas revela a Zoey que tem uma visão de Stieve Rae, em que ela se transformara em um monstro e que vira também vampiros sendo mortos, de um jeito horrível, muito suja e magra, com os olhos com um brilho vermelho superesquisito. Ela se transformara em um pavoroso clichê de vampiro, o tipo de monstro que os humanos tem pintado os vampiros ao longo dos séculos.

Aphrodite vira na sua visão Stieve Rae morrendo novamente, mas desta vez de verdade. Ela diz que se esta visão se concretizar, a que ele teve com as mortes dos vamps se concretizaria também e então elas tinham que dar um jeito de salvar Stieve Rae, pois Nyx não iria gostar nenhum pouco de um monte de vampiros sendo mortos.

Zoey quer saber como Stieve Rae morreria desta vez e a outra garota responde dizendo que Neferet a matava, empurrando-a para debaixo da luz do sol e ela morria queimada. Zoey então pede a Aphrodite que não conte a ninguém sobre essa visão, o que irrita a garota, pois ela não era retardada e diz a Zoey que ninguém pode saber porque assim Neferet saberia também, já que ela consegue ler a mente de praticamente todo mundo, exceto delas duas.

Zoey conta a Aphrodite tudo que acontecera no dia que salvara Heath e como Neferet ficou sabendo que Zoey sabia que a Grande Sacerdotisa era a responsável por tudo aquilo estar acontecendo e pelos novatos que morreram terem sido transformados em “monstros”.

Zoey conta a Aphrodite que Stieve Rae é diferente do resto daquele grupo por ela ter a afinidade com o elemento terra, a humanidade que existia nela ainda estava presente, mas indo embora e, por isso, ela precisava ajudar a amiga e salvá-la. Mas ela ainda nçao tinha a ideia de como salvá-la e curá-la.

Zoey conta que se encontrara com Stieve Rae e a convencera a se encontrar com ela, a subornando-a com roupas country e também com sangue, pois a garota precisa de sangue humano, senão enlouquece.

Aphrodite alerta a Zoey que ela não pode levar Stieve Rae para a Morada da Noite pois fora lá que Aphrodite a vira morrer. E sugere a Zoey que a leve para a antiga casa dela, pois seus pais viajara e ficariam fora por três semanas esquiando em Breckenridge. Havia um apartamento na garagem da mansão da Rua Philbrook que costumava ser usado pelos empregados. Mas ninguém mais usa, a não ser quando a avó dela vai visitá-los. E tudo ainda funciona no local, como eletricidade, água.

Elas combinam de pegar sangue na geladeira da cozinha dos vamps que ficavam em bolsas e eram doadas por humanos para levar para Stieve Rae.

Zoey vai pegar umas roupas para Stieve Rae e decide comprar um celular pré-pago descartável para Stieve Rae para que elas pudessem manter contato. Elas planejam tudo e saem separados, pois Aphrodite não queria ser vista ao lado de Zoey, pois todos achariam que elas agora estão amigas. Apesar de Zoey não estar nem ai para o que as pessoas pensavam, mas a outra garota estava.

Um dos melhores momentos do livro é quando Zoey está ao lado de Aphrodite concretizando o plano de abrigar Stieve Rae. Elas que antes eram inimigas mortais e tão diferentes, começam a se dar bem, em um clima de camaradagem, com diálogos muito engraçados e interessantes. Duas garotas poderosas, com personalidade fortes e marcantes, que antes jogavam em times diferentes se unem para reparar os erros delas mesmas ou de outros é realmente um ponto alto e chave na trama da série The House of Night. Aposto que todos os leitores gostaram destes momentos delas juntas e torceram para que elas se entendessem.

Na ausência de Stieve Rae, que formava uma dupla muito legal e totalmente do bem com Zoey, encontramos em Aphrodite não exatamente uma substituta para Stieve Rae, mas uma parceria muito interessante para a líder das Filhas das Trevas. Afinal Aphrodite já fora líder e entende tudo o que Zoey vem passando com a nova liderança. Sem contar que ela também já fora namorada de Erik e entende os sentimentos de Zoey em relação ao garoto, que ao longo da história não se mostra ser aquele perfeição que tanto demonstra ser, mas ele tem lá os motivos dele.

Uma parte muito legal também é quando Aphrodite começa a tirar sarro de Zoey porque ela não consegue xingar. Incentiva a outra garota a xingar de verdade e quando Zoey começa a fazer isso, Aphrodite se surpreende e se diverte muito.

Enfim Aphrodite e Zoey partem em direção a casa da antiga líder das Filhas das Trevas. Elas conversam sobre Stieve Rae mas Aphrodite disse que já sabe tudo que tem para saber, afinal ela vira tudo nas suas visões.

Ao chegar no gazebo, Zoey sabia que Stieve Rae havia chegado antes dela, por causa do cheiro nojento que Zoey estava sentindo. Ela joga para Stieve Rae uma bolsa de sangue e diz que ela precisa acompanhá-la, pois ficaria em um local em segurança.

Ao chegarem a casa de Aphrodite, Stieve Rae disse que não poderia entrar sem ser convidada. Zoey a convida, mas Stieve Rae diz que só pode ser convidada por alguém que more na casa. Eis que surge Aphrodite e ela a convida dizendo que ali costumava ser sua casa antes dela ira para a Morada da Noite. O que deixa Stieve Rae possessa, pois ela odeia Aphrodite e pergunta meio que sendo uma afirmação a Zoey sobre ela ter morrido e a outra se tornar a melhor amiga dela. Mas Aphrodite rapidamente protesta dizendo não ser amiga de Zoey.

Stieve Rae vai tomar banho para ver se melhora o aspecto e o aroma. O que deixa Aphrodite louca com aquele cheiro.

Após o banho o cheiro de Stieve Rae não melhora e seu aspecto também não. E, como era de se esperar, Stieve Rae e Aphrodite não se entendem, o que faz com que Stieve Rae perca a cabeça e avance para cima de Aphrodite. Stieve Rae começa a apertar a garganta da garota. Zoey tenta controlar a situação, mas Aphrodite está ficando vermelha e Stieve Rae não solta de jeito nenhum a garganta da garota.

Zoey pede ajuda a Nyx e após Stieve Rae soltar a garganta de Aphrodite, Zoey a faz pedir desculpas a outra garota. Após a calma se estabelecer, Zoey vai embora com Aphrodite. Mais uma vez a ex-líder das Filhas das Trevas não queria ser vista com Zoey e pede a ela que a deixe perto do alçapão do muro da escola. Aphrodite reluta para sair do carro e Zoey acha isso estranho e teme que ela estava prestes a ter uma de suas visões, mas enfim Aphrodite sai do carro e então Zoey ouviu o grito da garota.

Ao ir ao encontro da outra garota, Zoey sentiu um perfume gostoso, familiar, apesar de desconhecido e viu Aphrodite agachada vomitando e chorando ao mesmo tempo. Aphrodite conseguira falar e pedira a Zoey que levasse alguém rápido. Quando Zoey olhou para o muro se controlou para não cair de joelhos e começar a vomitar também. O cheiro doce que sentira era de sangue, de um vampiro formado. Zoey vira o corpo da professora de teatro, Nolan, encostado grotescamente pregado a uma grosseira cruz de madeira encostada no muro. Ela tivera os pulsos e tornozelos pregados à cruz, com tinha uma estaca de madeira enfiada ao coração e tinha um bilhete preso a estaca, mas Zoey não tinha condições de ler. Além desta cena de terror, algo muito pior acontecera a Nolan. Ela tivera a cabeça cortada do corpo e estava enfiada em uma estaca de madeira ao lado do corpo.

Zoey agarrara o braço de Aphrodite e o levara para chamarem alguém. Elas combinam uma versão para dizer aos professores de porque estarem as duas juntas tão tarde fora da escola.

Ao chegarem a Morada da Noite, a primeira pessoa que viram foi Neferet. Zoey esquecera tudo o que a Grande Sacerdotisa fizera e abraçara forte contando o que aconteceu. Aphrodite estava quase caindo no chão quando fora apanhada pela professora Lenobia e todo aquele alvoroço despertara os demais professores.

Zoey teve que voltar ao local com os professores para mostrar o corpo da professora Nolan. Ao ser dispensada, Loren levou Zoey para a cozinha e lhe preparou um lanche. Lhe deu um pouco de vinha misturado com sangue para confortar a garota.

Zoey pergunta a Loren quem será que tinha feito uma coisa daquelas com a professora Nolan. Ele responde que a citação no bilhete parecia bem óbvia. Mas Zoey não havia lido o bilhete e ele recitara para ela e a mensagem fazia referência ao Exodus e falava sobre feiticeira e arrependimento. Imediatamente Zoey falara e fizera referência ao Povo de Fé. Loren concordou dizendo que era o que parecia.

Zoey quer saber o que irá acontecer e o professor responde que fazia décadas que os humanos não atacavam os vampiros abertamente e que após o que acontecera hoje as coisas iriam mudar, que eles não aceitariam ser atacados sem revidar.

Eles novamente se beijaram e se despediram. Zoey ficou desconfiada do padrasto John e liga para casa e fala com a mãe, perguntando onde eles foram no dia anterior e se John havia passado a noite e a madrugada em casa. A mãe respondera que sim, mas Zoey ficara desconfiada e acreditava que a mãe o estava encobrindo.

Zoey começa a receber mensagens no celular, de Heath avisando que ele voltara de viagem e queria vê-la. Zoey marca de se encontrar com Heath, ela estava decidida a terminar com ele.

Zoey encontra-se com Aphrodite e ela revela que teria um encontro fora da escola. Mas Aphrodite revela a Zoey que os professores não estão deixando ninguém sair do campus, pois há um monte de Filhos de Erebus vigiando o local e barrando todod que tentam sair. Mas dá uma dica para Zoey de onde ela pode escapulir para fora dos muros da escola e também entrega a Zoey uma bolsa de lona cheia de bolsas de sangue para que fossem entregues a Stieve Rae.

Zoey revela aos amigos que ia escapulir por uma passagem escondida para que pudesse ir ao encontro de Heath para terminar o namoro. Ela sabia que Erik ia ficar P. da vida, mas ela precisava fazer isso.

Zoey consegue escapulir pelo muro da escola e se encontra com Heath. Vão para um banco em Woodward Park e ela tenta terminar tudo com ele, dizendo que tinha um namorado vampiro e que a relação deles dois nunca daria certo. Ele não aceita e rapidamente tira uma gilete do bolso e corta o pescoço. Zoey tenta resistir ao sangue dele mas não consegue. A onda de prazer dos dois foi tão intensa que Zoey acreditou que não aguentaria e se entregaria enfim a Heath. Mas foram interrompidos por dois caras negros que estavam bem perto deles ofendendo aos dois. Zoey se descontrolou e utilizando o poder do vento, jogou os caras longe e acabaram parando no meio da rua quase sendo atropelados por um caminhão que passava na hora. Heath repreendeu Zoey dizendo que estava com medo do que ela estava se tornando. Eles vão embora e ambos dizem que se amavam.

Zoey então vai à casa de Aphrodite para levar o estoque de sangue para Stieve Rae. Ao chegar, Zoey conta a amiga que a professora Nolan fora assassinada, conta dela e de Heath e que está ficando escondido com Loren Blake. Zoey promete mais uma vez ajudar a amiga antes que ela perca totalmente a sua humanidade e se transforme totalmente em um monstro.

Ao retornar à Morada da Noite, Zoey é vista por Neferet que a indaga onde ela estava. Pega de surpresa, ela não sabia o que dizer, então rapidamente os amigos partem em sua defesa e inventam a desculpa que ela estava precisando ficar sozinha antes do ritual, que ela sempre fazia isso.

Neferet realizaria um ritual para oferecer preces ao espírito da professora Nolan e também para lançar uma magia de proteção em todo o terreno da escola. Ao término do ritual, fora a vez de Zoey fazer o ritual da lua cheia com os amigos.

Ao término do ritual, Zoey ficara louca ao ver Erik caído de joelhos, suando muito e se contorcendo de dor. Ela acha que ele estava morrendo, e que seu corpo estava rejeitando a Transformação. Mandou que Damien chamasse Neferet e que Jack levasse toalhas. Mas Aphrodite chegara antes e dissera a Zoey que Erik não estava morrendo e sim se transformando.

Com a chegada de Neferet e sua expressão mudando de preocupação para um largo sorriso, confirmou para Zoey que Aphrodite tinha razão. Erik fora levado pelos professores para cumprir o ritual de transformação e após a transformação concluída, ele teria que morar fora da escola como um vampiro adulto. O que levaria a ele e Zoey a terem de assumir um namoro à distância.

Zoey mandou mensagem de texto para Stieve Rae querendo saber se ela estava bem. Ela respondera que sim, mas pediu a Zoey que fosse rápida.

Zoey começara a chorar e soluçar, por ela, por Stieve Rae, por Heath, por Erik. Loren aparecera, a seduzira e a carimbara ao provar do sangue dela e a fazendo provar do seu.

No momento em que ele carimbara Zoey, rompera com a carimbagem que ela tinha com Heath. E com Loren, em meio a tristeza e paixão, Zoey perdera a virgindade. Perto do término Zoey vira uma pessoa parada observando os dois: Erik. Zoey ficara arrasada, mas Loren prometera falar com Erik para ele não contar a ninguém.

Ao sair do quarto de Loren, Zoey dera de cara com Erik que a perguntou porque ele fizera aquilo. Ela tenta explicar que eles se apaixonaram. Erik fica revoltado, a xinga, a ofende e diz que Loren não quer nada com ela, só a está usando e que gostaria de estar na escola quando a visse ser chutada e tomar um fora do professor. Para finalizar diz que nunca mais na vida dele quer ver a cara dela de novo.

Triste e decepcionada, Zoey decide voltar e cair nos braços de Loren, para que ele pudesse confortá-la. Mas, para sua surpresa, encontra ele no quarto ao lado de Neferet e escuta toda a conversa deles. Ele revela a ela que Zoey fora muito fácil de enganar e que ela sabe de toda a verdade por trás dos alunos que supostamente morreram e conta que Stieve Rae está na cara de Aphrodite.

Neferet tinha como plano afastar Zoey de todos os amigos, pois eles passariam a não confiar mais nela, e sozinha, ela seria mais fácil de ser destruída. Pela greta da porta, Neferet vira Zoey sair correndo.

Aphrodite vira Zoey em seu estado péssimo, mas Zoey não queria conversar. Ficara perto ao local onde Nolan fora morta e vira que os amigos estavam se aproximando. Eles queriam saber o que houve, pois ela estava péssima. Mas quem conta é Erik. Ele revela aos amigos da garota que ela estava “dando” para Loren Blake.

Todos olham para Zoey com cara de assustados e Erik esculacha a garota. Mas Aphrodite rapidamente o expulsa do local e parte em defesa de Zoey.

Eles ouvem um barulho no alçapão que começara a abrir. Eles ouvem uma voz, de Stieve Rae, chamando por Zoey. A líder das Filhas das Trevas fica louca de preocupação e pede para Stieve Rae ficar lá e não sair.

Zoey pergunta a Stieve Rae como ela está e ela responde que mal. Os amigos ficam chocados com o que veem e Zoey revela a amiga que os amigos não sabiam. Stieve Rae pergunta a Zoey então porque ela mandara uma mensagem de texto para ela mandando-a que se encontrassem ali. Zoey então entendera tudo: fora um plano de Neferet, ela mandara a mensagem para Stieve Rae do celular de Zoey que ela esquecera no quarto de Loren.

Erin e Shaunee estavam abraçadas chorando muito ao verem Stieve Rae e Damien perguntou como isso era possível. Então todos correram e abraçaram a garota.

Os amigos de Zoey ficaram extremamente aborrecidos por ela não ter contado a eles sobre Loren e, principalmente a respeito de Stieve Rae. Disseram que ajudariam a ela no círculo dos elementos por Stieve Rae, para tentar curá-la, mas não confiavam mais em Zoey. Novamente Aphrodite parte em defesa de Zoey.

Com o círculo formado, Stieve Rae surtara e atacara novamente Aphrodite, mordendo o pescoço dela. Zoey corre para o centro do círculo e pediu a Deusa que a ajudasse. Stieve Rae tentara parar de morder Aphrodite, mas ela se sacrifica pela Deusa e cai no chão.

Stieve Rae grita que a matara. Após o susto, Damien grita para que todos olhem para o rosto de Stieve Rae. A lua crescente no meio da testa de Stieve Rae estava toda preenchida e lindas tatuagens em formato de longas flores curvilíneas e enroscadas umas nas outras lhe emolduravam os olhos e desciam pelas maçãs do rosto. Mas as tatuagens de Stieve Rae não eram tatuagens de vampiro em tom safira. Eram de um escarlate brilhante.

Aphrodite sentando-se com dificuldade disse que ela estava curada. Havia se transformado em um tipo novo de vampiro.

Zoey dá um grito ao olhar para Aphrodite, pois a Marca dela havia sumido. Então a garota havia se transformado em humana de novo. Nyx tirara a marca de Aphrodite e dera a Stieve Rae. Surtada, Aphrodite irrompera pelo alçapão e Stieve Rae vai atrás dela. Rapidamente os Filhos de Erebus apareceu e perguntou quem ultrapassara o perímetro. Os quatro ao mesmo tempo dizem que fora Aphrodite.

Eles estavam indo embora quando Zoey sentira uma forte dor no estômago se espalhando para o coração e ela se perguntou se estava morrendo. Darius a carregou e estava levando para a enfermaria. Mas ela estava melhor. Subitamente a dor passara, da mesma forma que chegara.

Ao chegarem ao auditório, Neferet estava falando com todos que haveria retaliação e um verdadeiro ataque aos humanos se outro vampiro fosse atacado e morto. Ela anuncia que Loren Blake havia acabado de ser encontrado estripado, morto e também com a cabeça separada do corpo e seu corpo fora preso ao portão da frente da Morada da Noite.

Zoey começara a chorar e vomitar. As dores que ela sentira fora proveniente da carimbagem. Neferet aparece e fica a sós com Zoey e lhe diz que a morte de Loren fora culpa dela, pois Loren havia ido atrás dela e ao sair para procurá-la fora atacado.

Zoey se concentrara nos cinco elementos, levantara a mão e sem tocar em Neferet fez um gesto como se estivesse empurrando algo e a Grande Sacerdotisa cambaleou para trás, tropeçou, perdeu o equilíbrio e caiu sentada.

Ambas trocaram ameaças e Zoey sai deixando-a sentada no chão. Zoey pede que a Deusa Nyx não a abandone e a Deusa manda uma mensagem para ela dizendo que ela deveria se preparar para o que virá. Será que Zoey conseguirá enfrentar Neferet sozinha? Os amigos a perdoariam? Aphrodite realmente se transformaria novamente em humana? E Stieve Rae? No que ela se transformou? Só lendo o próximo volume “Indomada” para termos essas dúvidas esclarecidas.

Anúncios

8 Responses to “Série The House Of Night – Escolhida”


  1. janeiro 23, 2010 às 3:16 pm

    AFRICA.

    Estamos lancando um livro intitulado

    “BAOBA. Cenas e fatos d´Africa”

    Esse livro relata 8 anos de viagens
    por mais de 30 paises do Continente Africano.

    Uma leitura leve e agradavel.

    O presente ideal para quem gosta de conhecer
    outras culturas.

    Veja no blog.: http://baoba-africa.blogspot.com

    Contato direto com o autor.: altair2001@yahoo.com

  2. 2 layra
    janeiro 23, 2010 às 7:17 pm

    nossa eu li e adorei….vou comprar o livro …nao tem indomada
    bjs

  3. 4 Ana Paula
    março 6, 2010 às 12:59 am

    Boa Noite,

    A série é ótima… adoro!!!!!

    Sabe qndo vai ser lançado o próximo? E qntos livros terá a série?

    • março 6, 2010 às 5:14 pm

      Olá Ana Paula!!

      É verdade, também gosto muito da série.
      O quarto livro chama-se Indomada e já está à venda em todas as livrarias. Vc não vai se arrepender, pois assim como os demais, este também é incrível =)
      Eu ouvi dizer que a série será composta de 6 livros, mas não sei se é verdade, então… não tenho como te dar com precisão quantos são, mas vamos torcer para que sejam mais que seis né? =)
      =***

  4. 6 Bianca
    março 14, 2010 às 7:52 am

    amuuu a serie, mtuuu legal

  5. 8 Camile
    novembro 4, 2010 às 4:11 pm

    Na verdade são 9 livros: Marcada(marked);
    Traída(beytraed);
    Escolhida(chosen);
    Indomada(intanemed);
    Caçada(hunted);
    Tentada(tempted);
    Queimada(burned);
    Despertada(awakened)
    e outro que ainda não foi divulgado o nome.
    Queimada e Despertada ainda não foram lançados no Brasil.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Melissa Rocha

Jornalista apaixonada por cachorros e literatura, principalmente o gênero infanto-juvenil. Torcedora (e sofredora) do Palmeiras e Bahia. Fã de Drew Barrymore, Dakota Fanning, Anthony Kiedis e Red Hot Chili Peppers, All Star e Havaianas.

Blog Stats

  • 1,469,843 hits

No Twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
janeiro 2010
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Páginas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 76 outros seguidores

Mais Avaliados


%d blogueiros gostam disto: