16
dez
09

Desventuras em Série – A Cidade Sinistra dos Corvos

Ao término do sexto livro, “O Elevador Ersatz”, da série “Desventuras em Série”, os leitores se depararam com alguns suspenses, algumas pistas para a nova aventura e algumas questões que ficaram sem resolver. No sétimo livro, “A Cidade Sinistra dos Corvos”, o autor Lemony Snicket, mais uma vez nos entretém com novas desventuras dos perseguidos órfãos Baudelaire. Após a perda dos pais e terem estado sob tutela de seis diferentes pessoas, desta vez, os irmãos ficarão sob a guarda de uma cidade inteira. Para isso, o Sr. Poe decide inscrever as crianças em um programa de adoção para menores e, assim, eles precisariam escolher uma cidade dentro de uma relação do programa “É Preciso uma Cidade para Educar uma Criança”. Ao verem que havia uma cidade chamada Cultores Solidários de Corvídeos, imediatamente eles imaginam que se tratava do mistério por trás das letras C.S.C. Que foi exposto a eles desde o quinto livro, “Inferno no Colégio Interno” pelos irmãos Quagmire quando eles foram sequestrados pelo arqui-inimigo e vilão da história, Conde Olaf.

A cidade Cultores Solidários de Corvídeos, ou C.S.C., como normalmente é chamada pelos moradores, que muitas vezes nem se lembram mais como é o nome verdadeiro da cidade, por sempre chamá-la de C.S.C. foi fundada há mais de 300 anos no momento em que alguns exploradores interessados no padrão migratório dos corvos, estabeleceu no local, uma base de observação desta espécie de aves. Os corvos continuam sendo inúmeros no local, mesmo após tentos anos tendo se passado. Eles pousam na cidade durante todo o dia, em locais diferentes conforme os horários. Pela manhã eles ficam na parte alta da cidade, pós meio-dia migram para a parte baixa e a noite dormem na Árvore do Nunca Mais.

Mesmo tendo como tutor a cidade inteira, foi designado que as crianças deveriam, em um primeiro momento, ficar sob os cuidados de um homem chamado Hector. Violet, Klaus e Sunny deveriam morar com ele e aprender o ofício de Hector: factótum e cabia às crianças limpar a cidade todos os dias. Além disso, os meninos são obrigados a aturar e obedecer a milhares de regras inúteis estabelecidas pelo Conselho dos Anciãos, um grupo de habitantes da cidade que discute os mais variados assuntos e estabelecem as regras que devem ser seguidas por todos os moradores. Os anciãos da cidade durante os conselhos utilizam um chapéu em formato de corvo.

Com a chegada dos irmãos Baudelaire à cidade, os moradores foram comunicados da existência do Conde Olaf e do seu histórico de ambição e perseguição às crianças. Fora o aborrecimento em ter que obedecer às regras impostas aos cidadãos de C.S.C., os órfãos não estavam tendo uma vida péssima. No entanto, continuavam preocupados e curiosos quanto ao desaparecimento dos amigos e gêmeos Quagmire.

Mas as coisas começam a se complicar na nova morada de Violet, Klaus e Sunny. Os moradores de C.S.C. acreditam ter capturado o conde Olaf, mas imediatamente as crianças percebem que a pessoa capturada não se trata de Olaf e sim Jacques. Ele fica desesperado, pois está algemado e está sendo chamado de alguém que ele realmente não é.

Olaf já estava na cidade e os irmãos não sabiam. Mais uma vez ele está fantasiado e se passando por alguém que ele não é. Ao tomar conhecimento que Jacques Snicket fora preso e estava sendo acusado de ser o conde, Olaf arquiteta um plano, que consistia em matar Jacques enquanto ainda as pessoas não tivessem descoberto que ele não era um impostor e, assim, ser tido como morto. Após realizar o assassinato, enquanto Jacques ainda estava na cadeia, Olaf dá um jeito de armar para que as crianças fossem acusadas do crime.

Olaf reaparece em cena, desta vez fantasiado de um detetive famoso, chamado Dupin. E tenta de todas as formas provar que as crianças são as verdadeiras culpadas do crime que ele próprios cometera.

Por outro lado, as crianças a todo momento na história, tentam decifrar os versos em dístico escritos por Isadora Quagmire. Nos dísticos havia pistas sobre o local onde dos gêmeos estavam aprisionados. Eles descobrem, decifrando os versos que a letra inicial de cada dístico formam a palavra “chafariz”. Os meninos arquitetam um plano para encontrar o chafariz da cidade, o Chafariz Corvídeo, e lá descobrem os Quagmire e o esconderijo de Olaf e sua trupe.

Na trama ainda há a indignação dos Baudelaire sobre um artigo de jornal que eles lêem na primeira página de um jornal. No artigo havia um relato de que o vilão Olaf havia sequestrado além das crianças Quagmire, também Esmé Squalor. Os órfão sabiam que o texto era inverídico, pois a antiga tutora deles não havia sido sequestrada coisa nenhuma. Ela havia sido aluna há algum tempo atrás do vilão e fugira com ele. Eram na verdade aliados de um plano maligno para se apoderar de toda fortuna dos Baudelaire. Inclusive eles oficializam um namoro e este livro da série, infelizmente, não é o último em que ela aparece para atazanar o juízo e sossego dos desafortunados órfãos.

Após o confronto para o resgate dos Quagmire, Hector foge com os gêmeos em segurança, mas os Baudelaire ficam para trás, pois a policial Luciana, que na verdade é Esmé disfarçada, não permite que os Baudelaire sejam levados por Hector.

O que será das crianças de agora em diante? Será que mais uma vez eles conseguirão escapar das garras afiadas do odioso Olaf e agora também da sua fiel aliada e parceira, a nefasta Esmé? As respostas estão nos próximos volumes da coleção.

Anúncios

0 Responses to “Desventuras em Série – A Cidade Sinistra dos Corvos”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Melissa Rocha

Jornalista apaixonada por cachorros e literatura, principalmente o gênero infanto-juvenil. Torcedora (e sofredora) do Palmeiras e Bahia. Fã de Drew Barrymore, Dakota Fanning, Anthony Kiedis e Red Hot Chili Peppers, All Star e Havaianas.

Blog Stats

  • 1,461,951 hits

No Twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
dezembro 2009
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Páginas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 76 outros seguidores

Mais Avaliados


%d blogueiros gostam disto: