15
dez
09

Desventuras em Série – O Elevador Ersatz

O sexto livro da série “Desventuras em Série”, “O Elevador Ersatz”, traz novas aventuras das crianças Baudelaire, repletas de desgraças, desespero, sofrimento e também muitos mistérios, como todos os demais volumes da série. A palavra Ersatz significa “parece mas não é”. Ao ler o livro entendemos exatamente o que o autor quis dizer e ainda por cima brinca com a linguagem dentro da própria literatura.

Após sofrerem no último livro mais uma perseguição do Conde Olaf no colégio interno, ainda tiveram que lidar com o sequestro de seus novos amigos, os gêmeos Quagmire. Os meninos, mais uma vez, aguardam o Sr. Poe encontrar um novo tutor com o qual eles terão que viver. Preocupados como seria seu novo tutor, os pensamentos das crianças também estavam voltados para o desaparecimento dos novos amigos. Eles fariam de tudo para encontrá-los e existia ainda o mistério sobre as três letras: C.S.C.

Depois de viverem em algumas cidades diferentes com experiências nada bem sucedidas com parentes distantes, desta vez, as crianças voltam à cidade onde viviam com os pais antes deles morrerem no fatídico incêndio. E o livro começa narrando exatamente isso, as crianças andando próximo a Mansão Baudelaire, onde tinham uma vida maravilhosa ao lado dos pais, para chegar ao novo endereço. O Sr. Poe os apresenta a sua nova morada, na cobertura do edifício 667, na Avenida Sombria, com outros parentes distantes, Esmé e Jerome Squalor.

As crianças percebem que sua nova vida será, no mínimo, bem atlética, pois assim que chegam ao prédio são comunicados pelo porteiro, que na verdade é o homem das mãos de gancho disfarçado, que o elevador do prédio fora desligado e eles são obrigados a chegar à cobertura do edifício por 66 lances de escada, escuras e nefastas. Após subirem muitos e muitos degraus, os Baudelaire, finalmente chegam à nova casa. Percebem de imediato que é um enorme apartamento, contendo 71 quartos, uma verdadeira mansão. Eles se esforçam, mas não conseguem se sentir em casa. Eles notam também que todos os moradores da Avenida Sombria se preocupam de forma quase obsessiva com o que é in (dentro) e o que é out (fora), referente ao que está ou não na moda. Como não poderia ficar de fora, Esmé só se importa com o que está in, inclusive em detrimento do bem-estar dos órfãos. Eles descobrem, inclusive, que os seus “novos pais” os adotaram apenas porque ter órfãos estava na moda.

No entanto, o marido de Esmé, Jerome, não é como a esposa, ele não se preocupa tanto com o que está ou não na moda e, de certa forma, ao seu modo, é simpático com os órfãos. Mas a simpatia e preocupação de Jerome com os Baudelaire, tem um limite. Ele é o tipo de pessoa que evita ao máximo ter qualquer tipo de discussão com qualquer pessoa, o que o torna apenas um placebo para os meninos. Eles os conforta, mas não os defende e, de certa maneira, não pode ajudar muito às crianças.

Ao que tudo indica, parece que desta vez, Olaf deixaria as crianças em paz e não demonstrava qualquer indício de estar por perto rondando as crianças. Mas como o próprio autor deixou bem claro, quem procura por uma história feliz, é melhor fechar o livro. As alegrias e momentos de paz dos jovens Baudelaire, são passageiros e bem curtos. Haja vista que em uma tarde, Olaf aparecera à mansão sob o disfarce de um leiloeiro, Gunther. Ele fora designado para comandar o Leilão da Moda, um grande evento, considerado O evento do ano, para a moda. E, como era de se esperar, Esmé faz de tudo para que seja no edifício 667, para tristeza e pavor das crianças.

A preocupação das crianças com a aparição de Gunther é descobrir uma maneira de se livrar do falsário e enganador. Talvez a resposta para essa questão estava no elevador que dá nome ao título do sexto livro: Ersatz que guarda uma passagem secreta muito escura e sinistra, onde muitos segredos e mistérios serão revelados. Porém o que as crianças não sabem é que dali em diante, mais problemas surgirão para eles e grandes desgostos surgirão.

Enquanto Gunther estava no apartamento ajeitado as coisas com Esmé, as crianças e Jerome vão comer fora em um restaurante chamado Café Salmonela, especializado em salmão, localizado no Bairro dos Peixes. Ao retornarem para a nova casa notam que Gunther não estava mais lá. Eles questionam ao porteiro se o leiloeiro havia passado pela portaria, mas o porteiro logo responde que não o vira descer. Os meninos acham isso muito estranho e começam a imaginar que o conde estava escondido no outro lado da porta extra do elevador que existia apenas em um andar específico: o 66º. Pois quando eles abrem as portas vêem somente o poço e não o elevador. Curiosos, os Baudelaire fazem uma corda com fios de tomada, puxadores de cortina e as gravatas do novo pai, Jerome.

Violet decide descer o poço do elevador juntamente com os irmãos mais novos. Quando finalmente chegaram ao fundo do poço, as crianças encontraram uma gaiola e, para a surpresa deles, havia nela os gêmeos Quagmire, aprisionados. Eles tentaram de tudo para abrir a gaiola, resgatar e salvar os amigos, mas não tinham as ferramentas necessárias. Então decidiram voltar para o apartamento da cobertura e, utilizando todo o dom de Violet para inventora, eles constroem soldas com aparelhos de lareira e voltam novamente ao fundo do poço.

Para uma surpresa ainda pior e muito triste, eles vêem que os amigos não estão mais lá. Sem outra opção eles sobem novamente ao apartamento da cobertura e contam a Esmé o que estava acontecendo e o passado sofrido nas mãos de Olaf. Eis que os meninos tem a maior decepção: ela se revela uma grande vilã e os empurra para o poço do elevador.  Mas os meninos não morrem, eles conseguem se segurar em uma rede de cordas e Sunny era a única solução para eles sobreviverem. Ela utiliza a sua arma secreta e muito poderosa: utiliza os seus dentes para escalar as parede do poço do elevador e consegue uma corda para descer o poço e, assim, as crianças conseguem descer o poço em segurança.

Os Baudelaire caminham pelo fundo do poço e acabam descobrindo uma passagem subterrânea que os levava diretamente à Mansão Baudelaire. Os meninos surgem das cinzas da ruína e retornam ao Veblen Hall, onde estava ocorrendo o leilão. Algo chama a atenção das três crianças: uma caixa de papelão que seria leiloada, constando as letras C.S.C. Sunny então compra a caixa misteriosa, tendo certeza de que os Quagmire estariam lá dentro, mas para mais uma decepção para eles, não eram os amigos que estavam lá. Havia somente Caprichosos Suportes para Copos (C.S.C). O conde Olaf acaba fugindo com os comparsas, levando com eles um item do leilão e dentro dele sim, havia os gêmeos. Com Olaf fugira também Esmé, deixando para traz o marido Jerome, que covarde como sempre demonstrara ser, rejeita os filhos adotivos de seu lar e sua família. O que será dos pequenos órfãos agora? Ao final do livro temos outra pista sobre o próximo volume. Alguns mistérios e novas perseguições acontecerão no próximo volume.

Anúncios

0 Responses to “Desventuras em Série – O Elevador Ersatz”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Melissa Rocha

Jornalista apaixonada por cachorros e literatura, principalmente o gênero infanto-juvenil. Torcedora (e sofredora) do Palmeiras e Bahia. Fã de Drew Barrymore, Dakota Fanning, Anthony Kiedis e Red Hot Chili Peppers, All Star e Havaianas.

Blog Stats

  • 1,480,641 hits

No Twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
dezembro 2009
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Páginas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 76 outros seguidores

Mais Avaliados


%d blogueiros gostam disto: