25
nov
09

Amanhecer

O terceiro livro da série “Crepúsculo” terminou deixando um grande suspense no ar: se a família Cullen iria ceder as ameaças dos Volturi e transformar Bella em vampira. E a grande expectativa também gira em torno do pedido de casamento proposto do Edward e aceito por Bella.

As respostas a todas estas questões e novas aventuras, além do surgimento de novos personagens marca o quarto livro da série, “Amanhecer”. Um ponto interessante neste volume é que ele é dividido em três partes e narrado não apenas pela narradora que já estamos acostumados, mas também por Jacob.

Bella casa-se com Edward, que faz uma surpresa para a esposa escolhendo como local para a lua de mel, uma ilha privada na costa do Rio de Janeiro, no Brasil, pertencente a Esme, dada de presente pelo seu esposo Carlisle. O acordo firmado entre os dois era que ele transformaria ela em vampira quando ela aceitasse casar com ele. Na ilha, motivados pelo isolamento, privacidade e o clima paradisíaco, eles tiveram a primeira experiência sexual.

Como eles pertencem a espécies diferentes, sendo o vampiro muito forte e, muitas vezes, incapazes de controlar a força quando estão sob forte emoção, e os humanos frágeis e mais sensíveis que os da outra espécie, a relação entre os dois fica ameaçada, porque após a primeira noite de amor, Bella fica coberta de hematomas. Edward não se perdoa e fica irritado consigo mesmo. A garota insiste em que eles tentem de novo e, a princípio relutante, ela o convence e ele cede.

Após novas tentativas, para surpresa de todos que achavam algo desse tipo acontecer, Bella engravida. A funcionária da casa onde eles estão tenta alertar a garota do perigo em que ela está se metendo, prevê o que acontecerá com ela e tenta ajudá-la, mas Bella entende muito pouco o que ela realmente está falando e não dá muita importância.

Edward fica muito surpreso com a inusitada gravidez de Bella e conversa com Carlisle a respeito. Como eles não sabem o que pode acontecer do fruto dessa relação, decidem que seria o melhor e o mais adequado para manter a vida da garota a salvo, fazerem um aborto para que a criança não acabe matando Bella. Ela fica horrorizada com a decisão deles e defende com unhas e dentes o seu filho. E conta com uma ajuda muito importante: Rosalie. Esta nunca quis ser vampira, sempre condenou a vontade de Bella de se tornar uma e brigou com todos que apoiaram essa opção. Com esta novidade da gravidez, Rosalie parte em defesa do bebê e impede que qualquer um encoste na garota para prejudicar o bebê. Mas Rosalie não faz isso para proteger Bella, seus interesses são bem mais egoístas.

O líder dos lobos, Sam, ao descobrir que a garota está esperando um filho de um vampiro, decide que é importante destruir “a criatura”, pois acreditava que seria um perigo à vida de todos. Mas Jacob enfrenta a decisão de Sam e rejeita de todas as formas a destruição do bebê, pois isso significaria a morte de Bella também. A partir daí os conflitos entre a família unida dos lobos dá-se início.

Apesar dos fortes e convincentes argumentos de Jacob, Sam não os aceita e se mostra irredutível, tendo o apoio de todos os membros da alcatéia, exceto o de Seth, que se mantém firme e leal ao lado de Jacob e defende a vida do bebê e de Bella. Sam, então utilizando o argumento de que ele é o lobo alfa, tenta obrigar os dois lobos dissidentes que se unam aos demais para atacarem os Cullen, já que eles, logicamente, defenderiam o bebê e Bella.

Jacob não acata as ordens de Sam e passa a exigir a posse da sua herança sanguínea de alfa, o qual sempre rejeitou, pois considerava que Sam seria um líder muito melhor do que ele. A consequência desse conflito? Jacob abandona o bando, sendo seguido por Seth e, posteriormente, por Leah, irmã de Seth. O novo líder do novo bando decide contar para os Cullen os planos de Sam e, assim, a luta não acontece.

A gravidez de Bella não é normal, de um bebê totalmente humano e, com isso, os processos naturais da gravidez também não seguem os prazos normais e naturais. O bebê se desenvolve muito rapidamente e a medida que a gravidez avança, Bella vai sentindo o pesa da sua escolha em manter o bebê a salvo. Ele suga toda a energia e vitalidade da garota, deixando-a cada vez mais fraca e debilitada. Segundo o médico Carlisle, as chances de Bella sobreviver a essa gravidez são de 50% e se seu coração parasse de bater, nem mesmo o veneno dos vampiros seriam capazes de lhe salvar a vida. A garota estava cada vez mais fraca porque o bebê estava ficando cada dia mais forte que ela e a futura mãe não se alimentava corretamente, já que sempre que tentava comer, o bebê rejeitava o alimento e Bella acabava vomitando. Ao perceber o dilema de Bella, Jacob tem um pensando que é captado por Edward e ele percebe que como o bebê é filho de um vampiro, pode ser que ele esteja na verdade precisando de sangue humano. Edward então sugere que a futura mãe talvez precise beber sangue, o que foi prontamente aceito por ela, já que ela faria qualquer coisa para salvar o filho. Carlisle monta um verdadeiro estoque de sangue em casa, e Bella bebe sempre que o bebê sente fome, sentindo-se prontamente melhor.

A gravidez de Bella é muito sofrida, o bebê cresce de forma muito rápida e a barriga da garota já não suporta mais o tamanho da criança. Toda vez que o bebê espichava mais um pouco, ela quebrava as costelas de Bella. Poucos meses após descobrir que estava grávida, Bella dá a luz e quase morreu, mas em tempo hábil Edward consegue transformá-la em vampira.

Bella descobre que é mãe de uma menina, e para homenagear tanto a mãe como a sogra, ela resolver dar ao bebê o nome de Renesmee, a junção dos nomes René e Esme. Jacob brincava chamando-a carinhosamente de Nessie – uma referência ao monstro do ‘Lago Ness’, o que desagradava muito a Bella, mas com o tempo ela desencana e leva na esportiva.

Ao ver Renesmee, Jacob acaba tendo um imprinting (processo descrito no livro em que os lobos sentem que aquela pessoa será sua quando estiver em idade suficiente para ter um parceiro. Meio como uma premonição e eles assumem a fidelidade total para com a pessoa, cuidando dela desde pequena, se mantendo próximo, até o momento que possa tomá-la como esposa) com ela. Bella fica completamente histérica e indignada com isso, mas depois compreende e eles conseguem conviver com isso em harmonia. O que faz com que Jacob seja uma “babá” perfeita que sempre ajudou Bella e Edward na criação da garota.

Assim como aconteceu quando ainda era um feto, a menina cresce em ritmo acelerado, assustando a todos com a velocidade com que se desenvolvia e como era madura para tão tenra idade. Renesmee apresenta poderes especiais e assustadores para uma criança, o que surpreende a todos os membros da família. Bella, como era uma recém criada foi obrigada a manter distância da filha, para não ser tentada pelo cheiro de sangue que circula nas veias da menina, já que ela é metade humana e metade vampira. Mas Bella se mostra uma excelente recém criada, controlada demais, extremamente forte e ágil.

Irina, pertencente ao clã Denali, que está com muita raiva dos lobos, pois eles mataram Laurent, que era o seu parceiro, quando ele em “Lua Nova” tenta matar Bella, acaba vendo Jacob se transformar em lobisomem, acompanhado de Renesmee e Bella em uma caçada. Irina, com raiva, conta aos Volturi o que viu, achando que a criança é imortal, e segundo a lei dos vampiros, deve ser destruída.

Alice, tem uma visão do que está para acontecer e eles começam a se preparar para a luta. Mas não para brigarem com os Volturi e sim para reunir o maior número possível de vampiros amigos e aliados para servirem de testemunha e dar tempo de os Volturi ao mesmo ouvirem que a criança é filha biológica de Edward e Bella, que crescia e se desenvolvia como humana, possuindo um coração que batia forte no peito e sangue que fluía em suas veias, antes que possam atacar a criança, evitando assim uma terrível batalha.

No processo de recolhimentos das testemunhas, os Cullen enfrentam um pouco de problema. Nem todos querem ser testemunhas e desacreditam no que eles tentam provar, bem como alguns se mantém resistentes no início, mas depois de conviverem um pouco tempo com a criança ficam encantados e conseguem comprovar o que os Cullen alegavam.

Quando os Volturi aparecem, Irina se mostra arrependida do que fez, mas já era tarde. Aro, líder do seu grupo, então usa seus poderes para descobrir toda a verdade através de Edward. Mas independente disso, os outros Volturi não demonstram ter certeza se deixariam Renesmee viver, sob alegação de que a criança poderia representar um perigo. Entretanto, todos os Cullen e algumas das testemunhas que se encantaram pela criança e pela lealdade que tinham pelos Cullen, estavam dispostos a lutar para salvar a criança.

Bella que tem o dom do “escudo” à sua volta, bloqueando qualquer tipo de ataque e defendendo a quem ela ama, utiliza o seu dom evitando o confronto direto, até a chegada de Alice.

Alice e Jasper que tinham ido embora, fazendo a família acreditar que estavam abandonando a fampilia, utilizando isso como estratégia, caso os Volturi invadisse a mente de alguém em busca dos dois membros da família, reaparecem com a solução para o problema. Em uma pesquisa que eles fizeram na América do Sul, eles encontraram um homem, que assim como Renesmee, é meio humano e meio vampiro, provando, assim, que a criança não representa qualquer tipo de perigo. Os Volturi convencidos pela presença do outro meio-imortal, vão embora.

Ao fim, Bella acaba aprendendo a controlar o seu escudo e permite que Edward possa passar a ler seus pensamentos. Como grand finale, ao estilo dos contos de fadas antigos, Bella e Edward vivem felizes… por toda eternidade (ou seria após a vida humana?).

“Amanhecer” encerra com chave de ouro a série “Crepúsculo”. Uma história surpreende que modifica um pouco toda a mitologia que girava em torno dos vampiros. Nos romances de Meyer, as lendas se enfrentam ao mesmo tempo em que convivem em paz e harmonia. O leitor é ainda agraciado com o fato de ter uma visão dos fatos sobre a ótica do Jacob, quando as coisas não estão nada bem para Bella.

Apesar de eu já ter declarado que torcia por Jacob, não havia como eles pudessem ficar juntos, mas Meyer dá ao leitor que torcia por Bella e Jacob, uma nova chance ao jovem lobo, pelo seu imprinting com Renesmee. Jamais pensaria nisso, o que mostra a magnitude de Meyer ao pensar em todos os buracos que poderia surgir na história. Todo o amor que Jacob sentia e sente por Bella sendo transferido para sua filha, simplesmente genial!

Anúncios

5 Responses to “Amanhecer”


  1. março 22, 2011 às 9:17 pm

    o jakob é o mais lindo do filme

  2. maio 28, 2011 às 9:59 am

    adoro o jacob ele e lindo e adoro os outros bella edward e todos bjsssss

  3. 3 karla beatryz
    agosto 22, 2011 às 8:26 pm

    nossa, estou encantada com o fim que vai ter a saga crepúsculo!(não perdi um filme ainda) O edward é um gato, vamos combinar que as cenas que vão estar no filme amanhecer SÃO MUITO PICANTES quando eu começo a ler o que vai passar no filme, não quero mais parar. É o filme tá muito diferente do livro!

  4. 4 karla beatryz
    agosto 22, 2011 às 8:33 pm

    Amo muito o Robert Pattinson e a kristen stewart eles são um show, primeiro eles são lindos e segundo vamos combinar são ótimos atores. Amo vocês, galerinha segue aí meu twitter @karlabeatryz #PF

  5. 5 bellinha
    dezembro 19, 2011 às 11:53 am

    bella e edwart são um lindo casal. adorei todos os filmes só não gostei muito das cenas da parte 1 do amanhecer.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Melissa Rocha

Jornalista apaixonada por cachorros e literatura, principalmente o gênero infanto-juvenil. Torcedora (e sofredora) do Palmeiras e Bahia. Fã de Drew Barrymore, Dakota Fanning, Anthony Kiedis e Red Hot Chili Peppers, All Star e Havaianas.

Blog Stats

  • 1,461,789 hits

No Twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
novembro 2009
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Páginas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 76 outros seguidores

Mais Avaliados


%d blogueiros gostam disto: