17
nov
09

Artemis Fowl – A Vingança de Opala

 

Ao final de “Artemis Fowl – O Código Eterno”, o menino prodígio do crime, diante de tantas confusões e armações feitas por ele anteriormente, teve sua mente apagada pelo Povo das Fadas, afinal do jeito que as coisas andavam o segredo da existência dos seres fantásticos estava ameaçada pela ambição imedida e irresponsabilidade do menino.

Ao início do livro o leitor toma conhecimento que Artemis não se lembra dos companheiros de antigas aventuras, da elfa Holly, do ouro e da super tecnologia deles. Pior: não se lembra principalmente da sua maior inimiga: Opala Koboi

O apagamento da memória de Artemis, provocou um efeito colateral. O menino que apesar de denominado o “o menino prodígio do crime”, nunca havia feito nada de tãããão grave para prejudicar qualquer ser. Mas o efeito colateral do procedimento de apagamento de lembranças foi a perda de toda generosidade, respeito ao próximo e compaixão que ele havia reaprendido a ter após os anos de convivência com o Povo das Fadas, voltando a ser um frio e calculista gênio.

Após ser detida ao fim do terceiro livro, a duende diabrete, Koboi esta em um coma auto-induzido, por enquanto, estando impossibilitada de entrar em ação, mas sua mente estava trabalhando a toda na elaboração de um plano brilhante. Apesar de todo cuidado e vigilância ela conta com ajuda e apoio de aliados que elaboram juntos um plano de fuga e ela escapa, deixando em seu lugar um clone perfeito e promete se vingar de todo que a arruinaram.

Artemis volta a arquitetar mais um plano perfeito (bem ao estilo de Cascão e Cebolinha que insistem em elaborar planos infalíveis para derrotar a Mônica). Desta vez ele está em Berlim planejando roubar uma pintura valiosa conhecida como O ladrão das fadas, que estava guardada sob condições de segurança máxima em um banco. O menino consegue driblar guardar, seguranças, gerente e deixa o banco com a pintura dentro da mochila sem ser notado e sem perceberem o que ele havia feito. Mas ele não fazia a menor ideia da surpresa que Opala reservou para ele junto com a tela.

Concomitante a isso, na Cidade do Porto, a capitão da LEP estava prestes a receber uma promoção, mas o líder dos goblins consegue escapar da prisão e põe em prática uma estratégia maquiavélica arrastando a elfa e alguns outros membros do órgão para uma armadilha mortal. Quem era a cabeça do plano? Para variar, Opala. Holly sobrevive a armadilha, mas não consegue se livrar das falsas acusações de traição. Desesperada para provar a sua inocência, Holly não vê outra saída e decide fugir para a superfície e procurar por Artemis e torce para que ele se lembre dela.

Artemis precisará da ajuda de Holly e Palha e Holly precisará da ajuda de Artemis e Butler, ambos contra Koboi. Esta neutraliza Butler e consegue armar uma cilada para Holly e Artemis (que ainda está desmemoriado), jogando-os em um poço cheio de trolls.

A enrrascada é grande e só Palha poderá ajudá-los ao lado de Butler, mas para isso eles não tem muito tempo, pois Opala criou mais uma cilada e uma cilada cronometrada, envolvendo muita tecnologia e ação. O objetivo de Koboi é obliterar metade da cidade do Porto e o que sobrar da cidade ficará exposta aos homens da lama, o que comprova que a maligna duende diabrete está mais louca do que nunca.

Será que a Cidade do Porto vai sobreviver a investida de Opala? Artemis e Holly irão escapar? Qual o destino de Opala? Após essas quatro aventuras, será mesmo que o anti-herói Artemis realmente encerrará sua vida de crimes? Essas e outras dúvidas só serão solucionadas após uma divertida e encantadora leitura.

 

Anúncios

0 Responses to “Artemis Fowl – A Vingança de Opala”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Melissa Rocha

Jornalista apaixonada por cachorros e literatura, principalmente o gênero infanto-juvenil. Torcedora (e sofredora) do Palmeiras e Bahia. Fã de Drew Barrymore, Dakota Fanning, Anthony Kiedis e Red Hot Chili Peppers, All Star e Havaianas.

Blog Stats

  • 1,470,669 hits

No Twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
novembro 2009
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Páginas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 76 outros seguidores

Mais Avaliados


%d blogueiros gostam disto: