13
nov
09

Mundo de papel

popup

Muitas vezes quando abrirmos um site e nos deparamos com os pop-ups, acabamos nos irritando, pois geralmente são propagandas e pouco nos interessa. Mas os pop-ups não são privilégio apenas do meio virtual. Você já deve ter visto em algumas livrarias, na sessão de livros para crianças, os livrinhos com alguns desenhos que parecem saltar das páginas, o que para os pequenos é algo bem divertido, são os chamamos pop-ups dos livros. Um recurso bastante criativo e interessante para explorar a imaginação das crianças. Lendo o jornal A Tarde neste final de semana, folheei o caderno destinados aos pequenos e vi uma matéria bem legal, explicativa e com algumas informações bem interessantes e elucidativas sobre o tema.

popup_dinossauros-01

Matéria publicada no caderno A Tardinha do jornal A Tarde, no dia 7 de novembro de 2009, nas páginas 4 e 5.

Mundo de papel

Quem disse que só no cinema se vêem balões que saltam da tela e animais que parecem ir em direção à platéia? Em livro também tem!

Daniel Marques

“Esse livro é 3D. quando é no cinema, parece que a figura sai da tela. No livro, é o papel que sai da página”, contou Fernanda Atta, 7, da Escola Lápis de Cor.

Existe livro com montanhas que aparecem de surpresa, com tubarão que pula do mar e até com um galo desses que despertam uma fazenda inteira na alvorada. Eles são chamados de pop-ups e fazem tudo acontecer apenas com dobraduras, recortes e colas.

“Nas histórias contadas em pop-up cada página tem que ter uma surpresa”, disse Gilles Eduar, escritor e ilustrador brasileiro com dois pop-ups lançados na Inglaterra e na França.

popup_dinossauros-03

Mundo

Produzir um desses é muito caro. É comum editoras de vários países se juntarem para editar um pop-up, que é impresso na China.

Os desenhos são iguais para todas as versões, mas o texto – chamado de parte preta – é impresso na língua de onde o livro será vendido.

O economista Paulo Balanco explicou que na China a tecnologia e a mão-de-obra usadas na fabricação dos exemplares são tão boas quanto a de outros países, mas o custo com a produção é menor. Daí a opção de mandarem o livro ser impresso lá do outro lado do mundo.

Nos últimos anos, os pop-ups ganharam destaque nas seções infantis das livrarias brasileiras. A editora da Companhia das Letrinhas, Júlia Schwarcz, acha que isso aconteceu porque eles parecem com brinquedos e por isso chamam mais atenção nas prateleiras.

 

Mais do que brinquedo

“O bicho que salta dos livros pode ser usado como um bonequinho na hora de brincar”, disse a editora Júlia Schwarcz. Mas não confunda: ele não pode ser apenas um brinquedo, tem que ter uma história interessante e o pop-up deve ajudar a contá-la.

Antônio Lobo, 10, folheou um pop-up de pirata com um barco inteiro de papelão, desvendou o cones, mexeu nos personagens e afirmou que “esse livro pode ser as duas coisas”.

A pedagoga Marita Redin acha que as imagens na página criam uma outra maneira de olhar, pensar e se emocionar com a narrativa. “Quando vi fiquei com uma sensação boa de entrar no livro”, falou Cláudia Araújo, 9, da Escola Municipal Aristides Novis. Seu colega Cleiton Santana, 9, viu um pop-up, se surpreendeu e disse que “alguns livros sem figura parecem não ter significado e as dobraduras ajudam a entender mais a história”.

img

O engenheiro faz pop-up

O engenheiro inventa o pop-up junto com o autor e ilustrador. Ele corta, cola e dobra os papéis. O francês Gérad Lo Mônaco, que fez as dobraduras para “O Pequeno Príncipe” disse: “Tem que ser criativo para inventar os movimentos”. A história do menino que viaja por asteróides foi escrita em 1943 por um piloto, Antonie de Saint-Exupéry. Na versão pop-up (editora Agir), dá para fazer a Lua nascer no asteróide B612.

O ilustrador desenha como se fosse um livro comum e manda as idéias dos pop-ups para o engenheiro de papel. Na gráfica, tudo será montado e copiado.

A pedagoga Maria Paiva lembrou: imagem não é enfeite de livro. “Antes, os pais contavam histórias e as crianças gostavam do que ouviam. Com tanta imagem, a gente pensa que sem elas ninguém vai prestar atenção. Não é assim: a boa história é o mais importante”.

 

Para fazer em casa

No site do artista norte-americano Robert Sabuda há vários modelos de pop-up para fazer em casa. O site é em inglês, mas para achar a galeria com os moldes procure o ícone com a frase “Make your own pop-ups”, clique e escola um. Fotos com passo a passo de cada molde vão aparecer. Clique em “next” para avançar e “back” para voltar. Peça ajuda a um adulto para cortar e colar os papéis.

www.robertsabuda.com

 

Estes livros surgiram em 1524

O primeiro pop-up foi o livro “Cosmografia” (ciência que estuda as estrelas e o universo) feito em 1524 pelo alemão Peter Apian.

Discos de papel giravam para mostrar a posição das estrelas e dos planetas nos dias do ano.

“O Grande Circo Internacional”, do também alemão Lothar Meggendorfer, tem 450 figuras e fez tanto sucesso em 1890, que até hoje é editado na Europa.

Essas publicações eram conhecidas como “livro de sistema”. Só em 1960 eles ganharam esse nome em inglês e assim são chamados até hoje.

Pop_up_Book

Anúncios

1 Response to “Mundo de papel”


  1. fevereiro 9, 2011 às 11:38 am

    adorei mas queria mesmo era aprender a fazer um desse mais só ver já esta bem legal


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Melissa Rocha

Jornalista apaixonada por cachorros e literatura, principalmente o gênero infanto-juvenil. Torcedora (e sofredora) do Palmeiras e Bahia. Fã de Drew Barrymore, Dakota Fanning, Anthony Kiedis e Red Hot Chili Peppers, All Star e Havaianas.

Blog Stats

  • 1,461,951 hits

No Twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
novembro 2009
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Páginas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 76 outros seguidores

Mais Avaliados


%d blogueiros gostam disto: