10
nov
09

Projeto vai distribuir livros nas praias

ler na praia

 

Apesar de morar em cidade de paria, eu não gosto de freqüentá-las. Primeiro porque odeio areia no pé, segundo porque detesto sol já que fico extremamente vermelha, mas acho que por um projeto destes eu até gostaria de estar freqüentando uma praia, só para ganhar um livro, afinal livro nunca é demais.

 

Matéria publicada no jornal impresso “Tribuna da Bahia”, no dia 23 de outubro de 2009, no caderno Cidades, página 11.

 

Projeto vai distribuir livros nas praias

 

A partir de domingo começa a distribuição de livros nas barracas da cidade.

 

Noemi Flors

 

“O homem que não lê bons livros não tem nenhuma vantagem sobre o homem que não sabe ler”. A frase de Mark Twain sintetiza a importância da leitura para o ser humano. Engajado neste pensamento está Lázaro César Sandes, presidente do Projeto Ler na Praça que anuncia que a partir deste domingo começa na Praia da Pituba o projeto “Leia sem moderação” com distribuição de livros nas barracas de praia, dentro das comemorações do Dia Nacional do Livro, próximo dia 29. a data foi escolhida por o aniversário da fundação da Biblioteca Nacional, que nasceu com a transferência da Real Biblioteca portuguesa para o Brasil.

O Projeto Ler na Praça é uma ONG que hoje também possui um Núcleo de Gastronomia, onde pessoas interessadas podem aprender a cozinhar, a sede fica na Rua Teixeira de Barros, número 12, próximo da Cruz da Redenção, em Brotas. Tudo começou a cerca de 12 anos quando Lázaro teve um sonho que o reportava à época de escoteiro e seu chefe cobrava dele uma boa ação. Quando acordou ficou horas pensando em que fazer, conta Lázaro, até que surgiu a idéia de pegar os livros que tinha em casa e doar na praça da Cruz da Redenção para a comunidade.

E desde então surgiu o projeto que contou com doações de pessoas de todas as classes sociais os mais variados livros, do didático ao romance ou ficção científica, contando hoje com cerca de 150 mil livros que sendo Sandes têm que ser doados. Para ele, é importante que as crianças criem o gosto pela leitura desde cedo para desviar de outros caminhos. “A leitura está ligada à educação e se a gente não salvar estas crianças na faixa etária de 6 a 10 anos, depois não tem mais jeito. Todo mundo tem que falar esta linguagem educação. a leitura freia a violência”.

Ele explica que uma criança ociosa será facilmente convencida a entrar no mundo das drogas, seja um viciado ou como “mula” (aquele que leva as drogas para outros), mas se a dedicação for para a leitura, dificilmente esta criança entrará neste mundo que poderá acabar na violência cotidiana.

 

Faltam parcerias para novos livros

Lázaro conta que o projeto, além de outros bairros da cidade, já é desenvolvido em 54 cidades do interior e lamenta que ainda tenha dificuldade com as parcerias governamentais, mas confessa que já cansou de pedir. Agora acha que é o momento das autoridades refletirem sobre este projeto e criarem parcerias que possam difundir mais com maior número de pessoas beneficiadas. “Sinceramente, não tenho mais casa para ficar pedindo, chega um ponto que a gente tem até vergonha. Todos conhecem o meu trabalho, aqui já vieram muitos políticos famosos. Prometem, mas depois fica no esquecimento”.

Sobre a distribuição nas praias, que começa com a Pituba (entre Pituba e Amaralina) e segue em outras praias da cidade, com o slogan “leia sem moderação”, Sandes disse que não deixa de ser uma forma de despertar as pessoas para bebida que deve ser consumida com moderação. “A gente vai na praia e não há nenhuma barraca este aviso. Então vamos percorrer as praias, distribuir livros e despertá-los para este comportamento”, expôs.

Ele recordou sua infância, pois sua família era pobre, não podia comprar livros, mas quando tinha 12 anos o pai comprou uma enciclopédia, em 10 parcelas de prestação. “Para mim foi uma felicidade folhear aquele livro e me inteirar de tudo o que tinha ali”.

 

noticias_feira_do_livro_vieira_566x310

Anúncios

0 Responses to “Projeto vai distribuir livros nas praias”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Melissa Rocha

Jornalista apaixonada por cachorros e literatura, principalmente o gênero infanto-juvenil. Torcedora (e sofredora) do Palmeiras e Bahia. Fã de Drew Barrymore, Dakota Fanning, Anthony Kiedis e Red Hot Chili Peppers, All Star e Havaianas.

Blog Stats

  • 1,480,641 hits

No Twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
novembro 2009
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Páginas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 76 outros seguidores

Mais Avaliados


%d blogueiros gostam disto: