10
nov
09

Clássico O Mágico de Oz comemora 70 anos

o magico de oz post 2

 

Matéria publicada no Jornal A Tarde dia 6 de novembro de 2009 (hoje) no Caderno 2

Clássico O Mágico de Oz comemora 70 anos

João Carlos Sampaio, crítico de cinema

Os 70 anos do clássico “O Mágico de Oz” (1939), de Victor Fleming, garantiram a volta da obra ao mercado, agora em edição especial com quatro discos. Além de uma versão restaurada do filme, os fãs e cinéfilos podem conferir muitos extras, dos bastidores a cenas excluídas da edição final.

O filme traz Judy Garland, protagonista da trama, cantando e dançando em números musicais inesquecíveis, embalados por uma inspirada trilha sonora, que rendeu dois Oscar (um deles para a canção-tema, “Over the Rainbow”). Tem ainda aqueles tipos fantásticos da história, o Espantalho, o Leão e o Homem de Lata, que alimentam uma fácula encantadora, para todas as idades.

Quem nunca viu o filme (ou nunca leu o livro) vai conhecer a vida pacata de Dorothy (Judy Garland), uma menina que mora com os tios (Charley Grapewin e Clara Bandick) numa fazenda, no Kansas. Ela é feliz, mas que se deixa impressionar facilmente.

Ultimamente tem estado preocupada com as ameças da vizinha mal humorada (a atriz Margaret Hamilton) que a está decidida a dar um fim no cãozinho de estimação da menina. Para compensar, tem o amor dos tios e dos simpáticos empregados da fazenda, tipos vividos pelos atores Bert Lahr, Jack Haley e Ray Bolger.

 

Realidade paralela

Mesmo amada, Dorothy resolve fugir, temendo pela sorte de seu cão. Na estrada, conhece um mágico fajuto, vivido pelo ator Frank Morgan, que acaba convencendo-se a regressar ao lar.

Só que, na volta, ela é surpreendida por um tornado e perde os sentidos. Daí por diante, a menina vai experimentar uma espécie de realidade paralela. Acorda num mundo colorido, bem diferente do que está acostumada a ver na fazenda.

Com ajuda da Bruxa Boa (a atriz Billie Burke), ela ganha sapatos cor de rubi e com eles atravessa o caminho de tijolos amarelos, chegando ao mundo do Mágico de Oz, onde vai viver a maior de todas as aventuras.

Este filme se inspira no livro homônimo (The Wizard of Oz), de L. Frank Baum, que foi transposto para a tela em sua superprodução que até hoje preserva seus encantos.

Os três discos extras deste lançamento trazem o trabalho de restauração do filme, a trilha sonora, o making of, o “legado de Oz” e mais um mundo de curiosidades. O único senão fica por conta da opção de tela no formato convencional de TV, sem preservar a proporção original vista nos cinemas.

(“O Mágico de Oz”/The Wizard of Oz – Estados Unidos, 1939/ De Victor Fleming)

o magico de oz 2 post 2

Anúncios

1 Response to “Clássico O Mágico de Oz comemora 70 anos”



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Melissa Rocha

Jornalista apaixonada por cachorros e literatura, principalmente o gênero infanto-juvenil. Torcedora (e sofredora) do Palmeiras e Bahia. Fã de Drew Barrymore, Dakota Fanning, Anthony Kiedis e Red Hot Chili Peppers, All Star e Havaianas.

Blog Stats

  • 1,469,944 hits

No Twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
novembro 2009
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Páginas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 76 outros seguidores

Mais Avaliados


%d blogueiros gostam disto: