09
nov
09

O Mágico de Oz

o magico de oz

Alguns autores vinham questionando o teor moralizante, as violentas histórias e com personagens pouco criativas das histórias infantis que predominavam na Europa no final do século XIX. Eles alegavam que as histórias deveriam entreter e divertir as crianças, pois a educação e a moral cabiam à família e à escola. Dentre esses autores estava o americano Lyman Frank Baum.

Em 1900 ele lança The Wonderful Wizard of Oz (em português, O Maravilhoso Feiticeiro de Oz), que se transforma em um dos maiores editoriais da história. É o primeiro livro da série que relata as aventuras da menina Dorothy Ventania (Dorothy Gale, no original) na fantástica Terra de Oz.

Dorothy vivia com seus tios Henry e Emm em uma pequena fazenda no Kansas. Acontece uma tempestade e seu único amigo, o cachorrinho Totó, desaparece. Desesperada, Dorothy procura por ele e acaba não entrando no abrigo contra ciclones, econdendo-se na pequena casa, que é levada pelos ares por um ciclone. No meio da tempestade, ela encontra Totó. Ao término da tempestade a casa é jogada em uma terra distante e desconhecida bem em cima de uma bruxa perigosa e temida, matando-a. Surpresa, Dorothy é recebida como heróina pelos Munchkins, homenzinhos que eram dominados pela malvada Bruxa do Leste.

Perdida ansiando voltar para casa e sem saber que estava tão longe, Dorothy recebe orientações dos habitantes do local que ela deveria procurar pelo Feiticeiro de Oz na Cidade das Esmeraldas, pois só ele poderia ajudá-la.

Dorothy calça os sapatinhos prateados da bruxa morta e acompanhada do seu fiel amigo Totó, ela segue a estradinha de tijolos amarelos em busca da terra de Oz. Após uma longa caminhada, a menina pára para descansar e no grande milharal encontra um espantalho digno de pena, pois é incapaz de exercer a função para qual foi criado: assustar e espantar os corvos que atacam a plantação. Dorothy descobre, para seu espanto, que o boneco é capaz de falar. Ele conta para ela que ansiava por um cérebro, pois assim poderia ter pensamentos excelentes.

Penalizada, a menina o retira da estaca que o prendia e convida-o para seguir com ela e Totó até a Cidade das Esmeralda, pois com certeza, o poderoso mágico haveria de ajuda-lo e solucionaria o seu problema. Maravilhado, o Espantalho acompanha Dorothy na sua jornada, tornado-se seu mais novo amigo.

Juntos, Dorothy, Totó e o Espantalho seguem pelo caminho e encontram próximo a uma cabana um homem todo feito de lata, enferrujado e segurando um machado. O Homem de Lata um dia havia sido o lenhador Tim Woodman que após um feitiço lançado por uma bruxa, acabara perdendo todos os membros em acidentes em seu trabalho, sendo substituídos por outros membros feitos de lata por um amigo. Porém o Homem de Lata precisava constantemente de alguém para lubrificar as juntas que ficavam enferrujadas. O maior desejo dele era ter um coração de verdade batendo no peito. Dorothy então o ajuda e ele integra ao grupo ansiando encontrar o grande feiticeiro para que ele lhe fornece um coração de verdade.

Na estrada o grupo é atacado por um leão que tenta amedrontar os viajantes, mas Dorothy descobre que a brabeza do leão não passa de uma farsa, ele era mesmo é muito medroso. O Leão Covarde sente muita vergonha de ser assim e ansiava ter a coragem, uma das principais caracterísitcas da sua espécie. O grupo revela para onde vai e o Leão decide acompanhá-los com a intenção de que o mágico possa lhe conceder o seu maior desejo.

O grupo quando chega à Cidade das Esmeraldas é bem recebido por todos. Porém quando o Mágico os recebe, ele não se mostra diretamente. Aparece para cada um de uma forma diferente. Informa que concederá os desejos de cada um deles com uma condição: eles teriam que livrar-se da perigosa Bruxa do Oeste.

Sem escolha e alternativa, eles dão continuidade a aventura. No confronto com a perigosa bruxa, todos os companheiros de Dorothy são destruídos e a menina feita prisioneira. Dorothy recebe a ajuda dos Quadlings, os habitantes do local dominado pela feiticeira, que a resgata e ajuda também os companheiros da criança. Assim, a Bruxa do Oeste é derrotada e o Homem de Lata feito imperador dos Quadlings.

Após o sucesso da operação, o grupo retorna ao castelo do Mágico de Oz, para que ele cumpra a promessa feita. O Mágico então é desmascarado pelo grupo que descobrem que ele não passa de um velhinho que acabou caindo no mundo de Oz por acaso quando viajava no seu balão. Ele se fingia de Mágico utilizando os truques que aprendeu quando trabalhava em circos.

Frustrados e sentindo-se enganados os membros do grupo ficam desolados pensando que nunca poderia ter seus sonhos realizados. No entanto, o desejo de todos é concecido. Ao Espantalho, o Mágico dá um certificado de uma universidade e o boneco se considera o ser mais inteligente do mundo; ao Homem de Lata, um coração falso; ao Leão, uma medalha de coragem; para Dorothy resolve levar ela com ele no novo balão que seria construído para eles irem embora para casa.

No dia da partida, Totó apronta uma: foge e o balão vai embora apenas com o falso Mágico. A garota, o cachorro e os amigos então decidem ir para a terra da Bruxa Boa do Norte, Glinda. Ao chegarem a bruxa boa os recebe como amigos que revela a menina que a solução do seu problema estava o tempo todo com ela: os sapatos de rubi que Dorothy usava eram mágicos e com ele, ela poderia voar de volta para casa. Dorothy então retorna ao Kansas com Totó e carregada de lembranças das aventuras vividas em Oz ao lado de amigos especiais e inesquecíveis.

Muitos estudiosos da área literária consideram o livro “O Maravilhoso Mágico de Oz” como a primeira narrativa norte-americana  do gênero fantástico. Após o lançamento do livro, o reconhecimento como uma história super criativa e diferente gerou diversas outras reimpressões, sob o título “O Mágico de Oz”.

O sucesso do livro foi tão grandioso que Baum em 1902 produziu um musical baseado na sua publicação. Posteriormente, em 1925, a história ganhou uma adaptação para o cinema, como filme mudo. Em 1939, os estúdios da Metro Goldwyn Mayer lançou uma nova versão do filme. O que consagrou a atriz Judy Garland que atuou como Dorothy e também a história de Baum, que através do filme conquistou fãs no cinema e na televisão.

Baum quis diferenciar a sua história das maiorias que eram escritas e produzidas na sua época. E o resultado foi maior do que o esperado. Com uma linguagem simples e métodos de escrita diferente dos que são ensinados, talvez (porque não?) sendo um dos precursores do método da repetição (verde, verde, verde que tanto aparece no País das Esmeraldas), a sua obra se eternizou nos corações de crianças, jovens e adultos, sendo lembrada até os tempos modernos.

 O_M__gico_de_Oz

 

Anúncios

6 Responses to “O Mágico de Oz”


  1. dezembro 2, 2010 às 1:50 pm

    eu tenho um jogo mas não sei como é a historia de o magico de oz

  2. dezembro 2, 2010 às 1:52 pm

    eu tenho o jogo dele e eu quero saber como é a historia deles

  3. 3 giovanna
    março 9, 2011 às 1:27 pm

    eu quero saber a moral da historia

  4. 4 thaila
    março 9, 2011 às 1:30 pm

    eu ñ gosto de site porque as coisas que eu quero ñ tem

  5. 5 lola
    abril 26, 2011 às 5:21 pm

    olhá vcs foram os primeiros a descobrirem direitinho a historia bjs bjs

  6. 6 lola
    abril 26, 2011 às 5:22 pm

    vcs sao demais


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Melissa Rocha

Jornalista apaixonada por cachorros e literatura, principalmente o gênero infanto-juvenil. Torcedora (e sofredora) do Palmeiras e Bahia. Fã de Drew Barrymore, Dakota Fanning, Anthony Kiedis e Red Hot Chili Peppers, All Star e Havaianas.

Blog Stats

  • 1,462,136 hits

No Twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
novembro 2009
S T Q Q S S D
« out   dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Páginas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 76 outros seguidores

Mais Avaliados


%d blogueiros gostam disto: