21
out
09

Eleanor H. Porter

Porter_E

Eleanor Hodgman Porter nasceu no dia 19 de dezembro de 1868, em Littleton, New Hampshire, nos Estados Unidos e morreu no dia 21 de maio de 1920, em Cambridge, em Massachusetts.

Eleanor quando criança tinha a saúde muito frágil e delicada, o que pode ter sido a causa para a influência do seu caráter introspectivo, direcionando-a desde muito cedo para os caminhos das artes e da literatura, a princípio como leitora, posteriormente como escritora.

Foi educada em escolas locais, em seguida por um professor particular, e posteriormente, por ser apaixonada por música, ingressou no Conservatório de Música de New England, em Boston, tendo a oportunidade de aprimorar seu talento como cantora lírica.

Recebeu diversos elogios por sua voz, apresentou-se em muitos concertos, fez parte de corais de igrejas e também ensinou música.

Em 3 de maio de 1892, com 24 anos, casou-se com John Lyman Porter e o casal mudou-se para Cambridge, em Massachusetts. Porém nunca tiveram filhos.

Em 1900 deu início a sua carreira literária, com a publicação de um conto. Um ano depois, assumiu a carreira de escritora, pois passou a escrever em tempo integral. Não assinava os seus contos com o seu verdadeiro nome, mas com o pseudônimo de Eleanor Stewart e assinando como Stewart publicou mais de 200 contos em revistas femininas.

Em 1907, o primeiro romance de Eleanor foi publicado. A partir daí, ela não parou mais de escrever. Outros 17 livros foram lançados, além de sete coletâneas de contos, todos com grande aceitação pelo público, apesar de apenas Pollyanna ter conseguido a consagração mundial. A maioria dos seus livros são de temáticas infanto-juvenis. Mas também escreveu romances adultos.

 Suas principais obras foram:

 (1907) Cross Currents

(1908) Turn of the Tide

(1912) Miss Billy (com grande aceitação do público, tornando-se um grande best-seller)

(1913) Pollyanna

(1915) Pollyanna Grows up

(1915) Just David

(1916) Sic Star Ranch

(1916) The Road to Understanding

(1917) Oh Money Money

(1918) Dawn

(1919) Keith’s Dark Tower

(1920) Mary Marie

(1920) The Story of Marco

(1921) Sister Sue

(1924) Money, Love and Kate

(1927) Little Pardner

(1928) Cross Currents

(1928) The Turn of the Tide

A autora Nelly Novaes Coelho em seu livro “Panorama Histórico da Literatura Infantil-Juvenil”, escreve um pouco sobre a biografia de Eleanor H. Porter, na página 154, que transcreve agora.

 

“Eleanor H. Porter (1868 – 1920)

 

Entre as obras traduzidas que tiveram larga circulação entre nós, principalmente como boa literatura para as jovens, está “Pollyanna”, publicado nos Estados Unidos em 1913 e traduzido aqui em 1934 por Monteiro Lobato (Cia Editora Nacional, “Biblioteca das Moças”). Sua autora foi Eleanor Hodgman Porter, romancista norte-americana, autora de uma literatura sentimental – amorosa e jovial, de grande repercussão popular.

Inicia-se com “Correntes Cruzadas” (1907), ao qual se seguem vários títulos. Mas seu grande sucesso foi “Pollyanna”, seguido por “Pollyanna Moça” (1915), dedicado ao público feminino. É a estória comovente e alegre de uma encantadora menina que tem sido das heroínas de romance mais amadas pelo público jovem (dos anos 30/40, e talvez do atual…). É ela um novo avatar da idéia de que o “bem sempre vence”…

Dentro da linha do realismo humanitário, põe-se em confronto o dinheiro e a felicidade pessoal a partir de comportamentos polares: bondade generosa e egoísmo destrutivo. O argumento gira em torno das experiências vividas pela menina órfã, Pollyanna, em casa de sua tia Polly, solteirona seca, rigorosamente “virtuosa”, mesquinha e imensamente rica (como se vê, uma efabulação das mais comuns nas novelas do ultra-romantismo, mas que continua fazendo efeito…).

Pelo “jogo do contente”, vivido espontaneamente por Pollyanna, aponta-se no livro a única solução possível dentro do quadro de desequilíbrios e injustiças sociais vigentes e dificílimas de serem sanadas. Embora no livro sempre se tenha o “final feliz” que reequilibra tudo de maneira ideal.

Enfim, na produção infantil ou juvenil do nosso século, essa tendência vai-se prolongar em muitas e muitas obras, com ligeiras diferenças, mas sempre insistindo no enfoque da vida cotidiana, familiar, onde os problemas de desajuste individual ou social serão resolvidos por um comportamento ético-afetivo ideal. Daí a “exemplaridade” didática que, via de regra, orienta a matéria literária”.

Anúncios

15 Responses to “Eleanor H. Porter”


  1. novembro 9, 2009 às 11:12 am

    ola essa biografia me deixou + confusa do que nunca dá pra mandar uma melhor ai!?

    • novembro 9, 2009 às 1:15 pm

      Olá, não entendi no que você ficou tão confusa.
      Infelizmente, esta é a única biografia dela que possuo, sinto muito se não lhe agradou.
      Se tivesse uma melhor, disponibilizaria no site.

  2. 3 carol
    novembro 15, 2009 às 4:54 pm

    eu adorei essa biografia..EU li o livro Pollyanna e Pollyanna Moça e adorei então decidi pesquisar sobre a sua autora..Parabensss pela biografia.bj

  3. 5 marlety
    novembro 14, 2010 às 2:41 pm

    estou lendo livro poliana e confesso que estou gostando muito;;;;
    ao ler tive curiosida em conhecer a autora
    um dos melhores livros que ja li;;;;;

  4. 6 marlety
    novembro 19, 2010 às 11:22 am

    ola como vai…??depois de ler Poliana,,agora estou lendo Poliana Moça…
    nossa!! to gostando mais ainda,,é maravilhoso….
    bom antes de finalizar quero confessar que to aprendendo e descobrindo
    coisas lindas e maravilhosas,,achu que isso prova que ler um livro,ou seja, um bom
    livro como esse que estou lendo influi muito na nossa vida e nos faz
    ver um mundo diferente e é claro ver as pessoas diferente….
    um grande abraço….!!!!!!!!!

  5. 7 josi
    março 8, 2011 às 12:40 pm

    Conheço dois livros da autora, Pollyanna e Pollyanna moça. Fiquei realmente encantada com a delicadeza que ela usa em suas palavras

  6. 8 Jean Victor
    abril 26, 2011 às 5:34 pm

    o livro Cross Currents está repetindo onde você fez as obras de Eleanor H. Poter…

  7. 9 Yandra
    julho 18, 2011 às 6:30 pm

    Pollyanna e Pollyanna moça foram os primeiros livros de literatura que li e confesso que são os meus xodozinhos literários!!!!!São de uma sensibilidade incrível…

  8. 10 XARLLENNY
    outubro 24, 2011 às 12:56 pm

    Este é conserteza o melhor site que fala sobre a autora que eu já vi.

  9. 11 Patrícia
    março 6, 2012 às 1:45 pm

    O livro Pollyanna e Polyanna Moça são fantásticos. Naquele tempo em que li, joguei por muitos anos “o jogo do contente” e já faz uns 20 anos!

  10. 12 Marinara
    março 18, 2012 às 9:05 pm

    Me identifico com a escritora por ela ter gostado muito de ler e escrever, e de música também. Apesar de não ter tido ainda a oportunidade de ler um livro dela, estou com muita vontade de ler.

  11. 13 camila nunes
    outubro 29, 2013 às 2:06 pm

    eu gostei ajudou bastante

  12. 14 PAULINHO SOLUÇÃO
    dezembro 31, 2013 às 12:37 pm

    “A VITÓRIA PERTENCE AO MAIS PERSEVERANTE..
    “O SUCESSO É A SOMA DE PEQUENOS ESFORÇOS”…

    Parabenizo e homenageio por meio deste a ESCRITORA ELEANOR PORTER e toda a equipe pelo lançamento do livro “POLLYANNA”. Parabéns pelo EXCELENTE TRABALHO, DETERMINAÇÃO E PROFISSIONALISMO, realizado neste belíssimo trabalho e um brinde pelo SUCESSO! O potencial de trabalho de vocês é de grande valor para a administração pública. Recebam esta singela homenagem com meus sinceros votos de muitas realizações e planos futuros. Desejo nestas poucas palavras votos de muita SABEDORIA, CONHECIMENTO, ENTENDIMENTO e principalmente DISCERNIMENTO em todos os seus caminhos. Acabei de depositar na conta de vocês a importância de muitos DIAS, SEMANAS, MESES E ANOS DE FELICIDADE E PROSPERIDADE, SAÚDE, PAZ, AMOR e que Deus estenda às mãos sobre vocês e toda sua família e acrescente 100 por cento de juros em cima de tudo isso.

    “A MAIOR RECOMPENSA PELO TRABALHO NÃO É O QUE A PESSOA GANHA, MAS O QUE ELA TORNA- SE ATRAVÉS DELE.”

    DESEJO SUCESSO!

    PAULINHO Solução
    http://www.paulinhosolucao.blogspot.com
    paulinhosolucao@gmail.com
    pssolucao@hotmail.com
    Salto/SP

  13. 15 Fanny
    março 15, 2014 às 1:20 pm

    Me ajudou muito em uma pesquisa que estou fazendo sobre a Eleanor só tenho a agradecer.Comecei a ler Pollyanna este ano estou gostando muito.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Melissa Rocha

Jornalista apaixonada por cachorros e literatura, principalmente o gênero infanto-juvenil. Torcedora (e sofredora) do Palmeiras e Bahia. Fã de Drew Barrymore, Dakota Fanning, Anthony Kiedis e Red Hot Chili Peppers, All Star e Havaianas.

Blog Stats

  • 1,489,223 hits

No Twitter

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
outubro 2009
S T Q Q S S D
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Páginas

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 76 outros seguidores

Mais Avaliados


%d blogueiros gostam disto: